Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Um paciente de 42 anos, masculino, apresenta-se a um serviço de emergência com queixa de dor abdominal difusa de forte intensidade, iniciada subitamente há 6 horas. Ao exame possui facies de dor e abdômen com rigidez intensa e defesa involuntária difusa. Seus exames de laboratório são inocentes, exceto por discreta leucocitose sem desvios. A rotina de abdome agudo mostra uma lâmina de ar abaixo da cúpula diafragmática direita. Ainda na hipótese da lesão gástrica ser na localização descrita na questão anterior, o procedimento cirúrgico que não tem indicação neste caso é a:

A
Gastrectomia distal.
B
Ulcerorrafia com biopsia.
C
Vagotomia.
D
Excisão da úlcera e sutura.
Escolar de 8 anos, há 3 dias atendido com quadro de dengue retorna ao posto. É diagnosticado dengue hemorrágica/síndrome de choque da dengue, sendo encaminhado para internação hospitalar. Os achados clínico laboratoriais que sugerem esse diagnóstico são:
Dentre os transtornos somatiformes (mimetizam doenças clínicas ou doenças neurológicas), assinale a alternativa INCORRETA:
Paciente de 9 anos vai ao pediatra por apresentar há 4 dias vesículas sobre base eritematosa agrupadas em hemitórax esquerdo, formando arranjo linear (distribuição em dermátomo). Refere dor e prurido discretos. Antecedentes mórbidos pessoais: Varicela com 1 ano, 1 internação por pneumonia com 2 anos e asma. Diante do exposto, o diagnóstico mais provável é:
Um paciente de vinte anos de idade, compareceu a uma unidade básica de saúde informando apresentar, havia três meses, tosse e chiados no peito os quais vêm se agravando progressivamente. Esse quadro tem se manifestado em associação com rinorreia e prurido nasal. O exame físico mostrou edema de cornetos nasais e sibilos expiratórios em ambas as regiões infraescapulares. Com base nesse caso clínico, julgue o item a seguir. Os sintomas apresentados pelo referido paciente e o exame do nariz dão margem ao diagnóstico de rinite alérgica.
Compartilhar