Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Um paciente de 42 anos, masculino, apresenta-se a um serviço de emergência com queixa de dor abdominal difusa de forte intensidade, iniciada subitamente há 6 horas. Ao exame possui facies de dor e abdômen com rigidez intensa e defesa involuntária difusa. Seus exames de laboratório são inocentes, exceto por discreta leucocitose sem desvios. A rotina de abdome agudo mostra uma lâmina de ar abaixo da cúpula diafragmática direita. Ainda na hipótese da lesão gástrica ser na localização descrita na questão anterior, o procedimento cirúrgico que não tem indicação neste caso é a:

A
Gastrectomia distal.
B
Ulcerorrafia com biopsia.
C
Vagotomia.
D
Excisão da úlcera e sutura.
A Terapia Hormonal (TH) é, nos últimos anos, debatida em relação aos seus benefícios, mas também quanto aos riscos e contraindicações. Assinale a alternativa em que os 3 itens, independentemente de prós e contras, estão relacionados à TH.
O colo uterino possivelmente seja o órgão onde se pode conseguir o maior índice de prevenção da doença maligna. Para que isso ocorra, assinale a alternativa que NÃO encerra uma atitude pertinente com esse objetivo.
Criança de 5 anos de idade é atendida com quadro agudo de vômitos, cefaleia e febre. Ao exame, está sonolento e com rigidez de nuca. O exame do líquor: 600 células, sendo 90% de neutrófilos, proteínas de 80, glicose de 25mg%, bacterioscopia negativa. O diagnóstico mais provável é:
A principal causa etiológica do adenocarcinoma do esôfago distal e da cárdia relaciona-se com:
Compartilhar