Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

Um paciente de 42 anos, masculino, apresenta-se a um serviço de emergência com queixa de dor abdominal difusa de forte intensidade, iniciada subitamente há 6 horas. Ao exame possui facies de dor e abdômen com rigidez intensa e defesa involuntária difusa. Seus exames de laboratório são inocentes, exceto por discreta leucocitose sem desvios. A rotina de abdome agudo mostra uma lâmina de ar abaixo da cúpula diafragmática direita. Apesar de todos os cuidados pós-operatórios, o paciente evolui com gravidade e é transferido ao CTI com um importante distúrbio ácido-básico, com os seguintes parêmetros - pH baixo, PCO2 normal e HCO3 baixo. Com base nestes dados, sabemos tratar-se de:

A
Acidose metabólica.
B
Alcalose metabólica.
C
Acidose respiratória.
D
Alcalose respiratória.
Adolescente do sexo masculino, 14 anos e 6 meses, vem à consulta para acompanhamento ambulatorial. O exame físico revela: volume testicular 3,8 ml; pelos longos e finos na base do pênis; estatura 147 cm (<p3); peso 39 kg (<p3). Velocidade de crescimento: 2,5 cm/ano. Estatura materna: 141 cm, estatura paterna: 160 cm. A principal hipótese diagnóstica neste caso é:
Criança de quatro anos chega à emergência com crise convulsiva tonicoclônica generalizada. O evento convulsivo durou aproximadamente 2 minutos. Em sua ficha de atendimento estão descritos: FC = 110 bpm, Fr = 26 ipm, Tax = 39,2ºC e exame neurológico sem sinais de localização. A conduta correta frente ao caso é:
Acne, hirsutismo, obesidade, são achados comuns em:
Na etiopatogenia do câncer gástrico, alguns fatores devem ser considerados como importantes. Dentre os citados abaixo, destacam-se:
Compartilhar