Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Nefrologia

Um paciente de 58 anos, enfisematoso e dependente de oxigênio domiciliar, apresenta-se com hemorragia digestiva alta. Realizando controle da hemorragia e estabilização hemodinâmica, evolui com agitação e estado confusional, sendo medicado com benzodiazepínico. Quinze minutos após, apresenta-se estuporoso. Gasometria arterial evidencia acidemia, PaO2 48 mmHg, PaCO2 85 mmHg e bicarbonato 37 mEq/L. Nesse momento, a melhor conduta será:

A
Ofertar oxigênio com máscara nasal de alto fluxo.
B
Iniciar ventilação não invasiva com pressão positiva.
C
Entubar o paciente e instituir ventilação mecânica.
D
Corrigir a alcalose metabólica.
E
Iniciar manitol, levando, em seguida, o paciente a estudo tomográfico de crânio.
Gestante de 24 semanas realizou ultrassonografia morfológica que mostrou a presença de “golf Ball” e incisura protodiastólica bilateral no Doppler das artérias uterinas. Preocupadas com laudo, ligou para seu obstetra que lhe informou que:
A Otite Externa Maligna (OEM) é uma infecção grave que se relaciona com a DM, acomete o canal auditivo externo e a base do crânio, podendo apresentar importante morbimortalidade. Diante de tal caso, aponte a alternativa CORRETA.
As cardiopatias congênitas abaixo relacionadas são ductus dependente. A cardiopatia na qual a sobrevida do paciente depende de um shunt da esquerda para direita pelo canal arterial é:
Lactente de um ano e cinco meses é levado ao pediatra por rouquidão e estridor de início súbito após refeição há aproximadamente três horas. Exame físico: bom estado geral, estridor respiratório, choro rouco, ausência de esforço respiratório e ausculta respiratória normal. A conduta imediata indicada é:
Compartilhar