Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Cardiologia

Um paciente de 58 anos é admitido no CTI em função de um IAM com supradesnivelamento do segmento ST em parede infero-dorsal. Apesar de terapia trombolítica (t-PA) ser iniciada em um ?t compatível ( 4 horas desde o início da dor), não há sinais clínicos, eletrocardiográficos ou enzimáticos de reperfusão. O paciente, todavia, evolui bem, sem instabilidade hemodinâmica ou arritmias cardíacas. No 5º dia de evolução, porém, o paciente desenvolve dispneia súbita, associada a quadro de franco edema agudo de pulmão (EAP). Ao exame físico, além dos sinais próprios do EAP, está presente um intenso sopro sistólico (4+/6+) em ponta; a pressão arterial é de 100x60 mmHg, a frequencia cardíaca é de 120 bpm e a respiratória, 36 irpm. Todas as intervenções terapêuticas abaixo apresentadas foram consideradas, sendo apenas uma EQUIVOCADA. Assinale a conduta inadequada em razão do exposto:

A
Nova tentativa de trombólise imediata com tenecteplase.
B
Nitroprussiato de sódio intravenoso.
C
Dobutamina intravenosa.
D
Passagem de balão de contrapulsação intra-aórtico.
E
Parecer urgente da cirurgia cardíaca.
Você irá apresentar um seminário durante o seu primeiro mês de Residência. O objetivo é rever conceitos básicos e fundamentais para o adequado planejamento terapêutico das pessoas sob seus cuidados. O tema central é o sistema digestório. Você afirma que o H. pylori está implicado na facilitação da hiper-secreção de ácido clorídrico através do mecanismo de:
Mulher de 72 anos no 3º dia de internação por pancreatite aguda biliar grave. Persiste com dor abdominal e encontra-se anúrica, há 24 horas, apesar da reposição farta de soro fisiológico e KCl a 10%. Um ECG realizado na ocasião revelou ritmo sinusal e ST supradesnivelado em V1, V2 e V3. Que intercorrência deve, imediatamente, ser pesquisada e corrigida?
Motoboy B. J. Obama, 47 anos, masculino; foi admitido no Pronto Socorro com fratura exposta de tíbia direita, devido acidente em via pública. Foi submetido ao primeiro atendimento e seus antecedentes mostravam uma dose de vacina antitetânica. Com relação às medidas profiláticas necessárias devemos indicar:
Mulher de 30 anos apresenta histerossalpingografia com dilatação de ambas as tubas. Refere ter tido duas internações por doença inflamatória pélvica (DIP). Os agentes mais comuns encontrados nesta afecção são:
Compartilhar