Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Nefrologia

Um paciente de 65 anos, que pesa 80 kg, tem obstrução intestinal baixa por tumor de sigmoide. É portador de insuficiência cardíaca congestiva compensada e de hipertensão arterial. Faz uso de diuréticos tiazídicos e de digital. Na avaliação pré-operatória, o eletrocardiograma revela depressão do segmento ST, ondas U proeminentes e achatamento dos complexos QRS. O potássio sérico é 2,5 mEq/L. A respeito da situação deste paciente, é INCORRETO afirmar:

A
O déficit total estimado de potássio é de cerca 150 mEq
B
Após a correção dos níveis séricos de potássio, deve-se fazer colostomia, ressecando-se ou não o tumor
C
O déficit de potássio pode levar a diminuição da excitabilidade do músculo cardíaco e esquelético
D
Os níveis séricos de sódio também podem estar alterados
E
A alcalose respiratória representa um risco, nesta situação
No seguimento pós-operatório dos carcinomas colorretais é mais indicada a dosagem seriada do seguinte marcador:
Paciente com retocolite ulcerativa inespecífica apresenta acontecimento colônico extenso e retal moderado. O tratamento cirúrgico é indicado. Dos procedimentos cirúrgicos abaixo, não pode ser realizado:
Um neonato masculino de 1600g não apresentou nenhum problema na sala de parto, tem estatura de 48 cm, PC de 33 cm e nenhuma evidência de anormalidade física. A avaliação da idade gestacional pela data da ultima menstruação (DUM) e pelo exame neurológico indica que nasceu com 36 semanas. A mais provável complicação nas próximas 12 horas é de:
Paciente de 06 anos de idade apresenta em consulta de rotina, sopro cardíaco. Justifica-se a necessidade de prosseguir com a investigação quando se encontra a seguinte característica do sopro:
Compartilhar