Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Cirurgia

Cirurgia Geral

Cirurgia do Aparelho Digestivo

Um paciente do sexo masculino, com 62 anos, 99 kg, portador de obesidade crônica, hipertensão arterial crônica e apneia do sono, será submetido à cirurgia de gastroplastia com interposição de banda gástrica. Na avaliação pré-anestésica, para análise da sua via aérea, verificou-se, à abertura da boca, que podia visualizar-se apenas o seu palato mole e a base da sua úvula. Na classificação de Mallampati, esse paciente é:

A
Classe I
B
Classe II
C
Classe III
D
Classe IV
Pacientes de 54 anos fez mamografia há 15 dias, que mostrou nódulo neoformado de 5 mm isodenso, fez ultrassom que mostrou tratar-se de nódulo cístico homogêneo de bordos regulares, história familiar de mãe com câncer de mama aos 84 anos. Qual a melhor conduta?
A alternativa em que estão presentes parâmetros de avaliação da gravidade da hepatopatia, segundo a classificação de CHILD-TURCOTTE-PUGH, é:
Escolar, oito anos, comparece ao consultório com a mãe, preocupada com a doença do filho. Ela traz vários exames já realizados e solicita o parecer do médico. Ao exame clínico, a criança apresenta palidez cutâneo-mucosa, manchas café-com-leite, baixa estatura e ausência dos polegares. No hemograma, o VCM está alto e a eletroforese de hemoglobina revela níveis aumentados de hemoglobina F. O diagnóstico provável é:
Após realização de cardiotocografia intraparto, médico detecta presença de taquicardia fetal (167 bpm) e desaceleração do tipo cefálico. O exame obstétrico evidencia dilatação cervical de 9 cm com 100% de apagamento, apresentação cefálica no plano +2 de De Lee. A melhor conduta neste caso é:
Compartilhar