Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Dermatologia

Nefrologia

Um paciente do sexo masculino, com 28 anos, está em tratamento com poliquiomioterapia para hanseníase (dapsona, rifampicina e clofazimina). Apresentou, no quarto mês de tratamento, diminuição do volume urinário, rash cutâneo, dor lombar e elevação de ureia e creatinina. O diagnóstico mais provável, nesse caso, é:

A
Glomerulonefrite crescêntica associada à hanseníase.
B
Nefrite intersticial aguda por rifampicina.
C
Necrose tubular aguda associada à dapsona.
D
Síndrome hemolítica-urêmica associada à clofazimina.
Em relação aos cuidados perioperatórios, é correto afirmar que: (ARQUIVO BRASIELIRO DE CARDIOLOGIA. Diretriz de Avaliação Perioperatória, 2007; 88(5): e139-e178)
Das alternativas abaixo, assinale qual o melhor tratamento para um paciente que apresenta hemorroidas grau II. (CORMAN, Marvin L. Colon and Rectal Surgery, p. 42 a 71)
Uma paciente de 28 anos chega ao pronto-socorro com queixa de dor na fossa ilíaca direita há 24 horas. O quadro iniciou com um episódio de desconforto no epigástrio, vômito e hiporexia. Ao exame, você observa sinal de Blumberg no ponto de Mc Burney, sinal de Rovsing positivo, ruídos hidroaéreos presentes, mas diminuídos. A temperatura é de 37,8ºC. Ela negava queixas urinárias ou ginecológicas. A última menstruação foi há 20 dias, normal. Diante desse quadro, você supõe que se trata de uma apendicite aguda e indica uma cirurgia que faz por meio de uma incisão obliqua na fossa ilíaca direita (incisão de Mc Burney). Encontra um apêndice na posição mesoileal com plastrão apendicular e abscesso periapendicular bloqueado. Assinale qual das seguintes alternativas apresenta a complicação mais esperada no pós-operatório. (MEDEIROS, E. A. S., et al. Prevenção da infecção hospitalar. Projeto diretrizes: Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina e Sociedade Brasileira de Infectologia. Disponível em: <www.projetodiretrizes.org.br/projeto_diretrizes/065.pdf>. ago. 2001)
O HSV tipo 2 e o vírus varicela-zoster são herpes vírus humanos. Ambos podem causar infecções congênitas, especialmente quando a gestante tem a infecção primária durante o primeiro trimestre. Os estigmas podem ser muito semelhantes, de modo que o diagnóstico pode ser ocasionalmente difícil. Dado o exposto, qual dos estigmas é fortemente associado somente à varicela congênita?
Compartilhar