Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Reumatologia

Um paciente do sexo masculino, 25 anos, comparece ao ambulatório com queixa de dor lombar, bilateral, com irradiação para raiz das coxas, de início há quatro meses. Refere que acorda durante a noite pela dor e, quando caminha, a dor melhora. Qual a principal hipótese diagnóstica para esse caso?

A
Osteoma osteoide.
B
Hérnia discal.
C
Doença degenerativa discal.
D
Espondilite anquilosante.
Mulher de 25 anos, em consulta num posto de saúde, apresenta há 1 ano episódios frequentes de cefaleia hemicraniana esquerda de forte intensidade, com duração de até 24 horas. As crises ocorrem 4 a 5 vezes por mês, são acompanhadas de náusea, pioram em ambientes barulhentos e não respondem ao uso de paracetamol. O médico que a examinou prescreveu dois medicamentos: o primeiro, de uso diário, para prevenir as crises de cefaleia e o segundo, para ser usado somente quando houver dor. Dentre os abaixo, os medicamentos adequados são, respectivamente:
Uma mulher com endometriose em ambos os ovários que apresente lesões profundas maiores de 3 cm , e aderências densas em ambas as trompas e ovários é considerada com sendo de estágio:
Uma mulher de 35 anos chega à consulta com uma queixa de dois meses de evolução de lesões de pele em membros inferiores. Nega outras queixas. As lesões vão dos pés até a raiz das coxas e ficam mais intensas no final do dia. Ela traz uma biópsia de pele, com o seguinte laudo: inflamação intensa de vênulas pós-capilares, com presença de restos celulares de polimorfonucleares no interior e ao redor da parede dos vasos. Ao exame físico, púrpura palpável de membros inferiores. Com relação a esse caso, é correto afirmar:
A linha pectínea ou denteada é uma marca embriológica que corresponde à junção:
Compartilhar