Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Um paciente hipertenso refere forte cefaleia de início súbito há duas horas. Na evolução, apresenta diminuição da consciência e hemiparesia esquerda. Sua pressão arterial é de 145 x 90 mmHg. Qual das alternativas abaixo, relacionadas ao caso, está correta?

A
Trata-se de encefalopatia hipertensiva e pode ser combatida com nifedipina sublingual.
B
O diagnóstico mais provável é acidente vascular cerebral isquêmico e deve ser tratado imediatamente com trombolítico endovenoso.
C
A suspeita inicial é de acidente vascular cerebral hemorrágico, necessitando tomografia computadorizada sem redução vigorosa dos níveis tensionais
D
A primeira possibilidade é de um quadro de cefaleia vascular.
E
Deve ser administrada aspirina em dose alta e controle pressórico com nitroprussiato de sódio.
Mãe leva o filho de quatro meses à consulta no posto de saúde e relata que ele apresentou crise convulsiva tônico-clônica logo após ser vacinado aos dois meses. Ela está preocupada e solicita orientação, pois ele irá ser vacinado novamente. Com base nessa situação hipotética, assinale a alternativa que contém a orientação solicitada.
Em um caso suspeito de endocardite infecciosa a presença de 2 hemoculturas positivas, colhidas em tempos diferentes, para patógenos típicos para esse tipo de infecção, constituem critério major para o diagnóstico. São considerados típicos os agentes abaixo, EXCETO:
Um paciente de 75 anos, cardiopata, vítima de atropelamento em via pública, é levado ao pronto-socorro em estado de choque, com palidez cutâneo mucosa, sudorese, baixa perfusão e FC de 98 bpm com PA de 90x60 mmHg. Reclama de muita dor abdominal e fica repetindo incessantemente que vai morrer. Frequência respiratória de 23 irpm com ausculta pulmonar normal bilateralmente. Com a infusão de 2000ml de Ringer lactato, sua pressão estabiliza com 100x70 mmHg com FC de 88 bpm. É realizado USG (FAST) nos três compartimentos e é detectado líquido em moderada quantidade no abdome e a tomografia de abdome evidencia uma lesão hepática grau III com moderada quantidade de líquido livre na cavidade. Qual deve ser a conduta frente a esta situação? Dez dias após o acidente, o paciente encontra-se com anemia grave e com descompensação cardíaca. O médico assistente decide corrigir a anemia. Qual ou quais os componentes sanguíneos são indicados?
Gestante de 35 semanas de idade gestacional, hipertensa, em uso de metildopa 250 mg de 8 em 8 horas e propanolol 40 mg ao dia. Realiza ultrassonografia, que apresenta os seguintes resultados: feto único, em situação longitudinal, apresentação cefálica. Batimentos cardiofetais com frequência de 150 bpm. Líquido amniótico: ILA = 10 cm. Placenta tópica, grau II (granum). Dopplerfluxometria apresentando diástole zero da artéria umbilical, idade gestacional ultrassonográfica de 35 semanas. Qual é a melhor conduta?
Compartilhar