Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Um paciente masculino, branco, 65 anos, com diabetes do tipo II, foi submetido à ressecção de tumor de cólon. Aos doze dias de pós-operatório, sob NPT e apesar da cobertura de antibióticos de amplo espectro, apresenta 38,5 ºC de temperatura axilar e instabilidade hemodinâmica. Entre outras alterações, os exames laboratoriais revelam leucocitose, creatinina de 2,8 mg/dL e hemocultura positiva para Candida krusei. Qual a conduta mais adequada em relação a esses achados?

A
Iniciar caspofungina IV, 70 mg no primeiro dia e 50 mg diários nos dias subsequentes.
B
Iniciar anfotericina B, 1 mg/kg/dia.
C
Iniciar voriconazol IV, 6 mg/kg/dia, seguidos de 4 mg/kg diários nos dias subsequentes
D
Iniciar fluconazol IV, 400 mg/dia.
E
Associar anfotericina B, 0,7 mg/kg/dia, e fluconazol IV, 200 mg/kg/dia.
Paciente do sexo feminino, 70 anos, submetida à colecistectomia por colecistite aguda e evoluindo com fístula biliar de alto débito no terceiro dia de pós-operatório. Suspeita-se de deiscência do coto cístico. Nesse caso, qual a melhor conduta a ser tomada?
Mãe leva sua filha, com um mês de vida, para consulta na Unidade Básica de Saúde. Relata que a filha foi submetida aos exames de triagem neonatal e está em aleitamento materno exclusivo, com calendário vacinal em dia. A criança nasceu de parto vaginal, a termo, com 3000g, Apgar 7 e 9. A mãe queixa-se que a filha, há três semanas, está chorando muito, quase todos os dias, no início da noite. Informa também que a criança apresenta muitas evacuações ao dia, com fezes semi-pastosas, de coloração amarelada. Na consulta realizada com 10 dias de vida o peso da criança foi de 2990g. Hoje, na consulta, pesou 3550g. Diante desse quadro clínico, assinale a alternativa que contém o diagnóstico e a conduta para essa criança.
Criança de 10 anos, cardiopata, é internada na UTI, em ventilação mecânica e monitorada. Você é chamado de urgência e constata ausência de pulso. Monitor mostra padrão bizarro, compatível com FV. Qual deve ser a conduta?
Paciente idosa queixa-se de dor em região dorsal e costelas, precipitada pelo movimento. Na avaliação laboratorial, apresenta anemia, hipercalcemia, proteinúria e hiponatremia. A radiografia de tórax mostra lesões líticas em costelas e osteopenia difusa. O diagnóstico mais provável é:
Compartilhar