Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Hematologia

Um paciente portador de anemia falciforme é internado com febre, taquipneia, dor torácica intensa e radiografia de tórax com infiltrado heterogêneo. Evolui, 24 horas depois, com piora do quadro clínico e hipoxemia severa. Qual o provável diagnóstico e qual a conduta mais adequada, nesse caso?

A
Síndrome torácica aguda: suporte ventilatório.
B
Pneumonia: antibioticoterapia ambulatorial.
C
Insuficiência cardíaca congestiva: diurético endovenoso.
D
Tromboembolismo pulmonar: iniciar anticoagulação com varfarina.
Paciente com diagnóstico de endocardite bacteriana por Staphylococcus aureus apresenta creatinina sérica de 3,2 mg/dl e, ao exame de urina, proteínas ++, hemoglobina ++ com hematúria e cilindros hemáticos. Sobre estes achados, considerar as assertivas abaixo: I - O complemento sérico C3 deve estar diminuído. II - A biópsia deve revelar nefrite interstical. III - Provavelmente, a função renal melhorará com o tratamento da endocardite. É (são) correta(s) a(s) assertiva(s):
Em relação à hemodinâmica dos estados de choque, considerar as assertivas abaixo: I - No choque cardiogênico, a pressão capilar pulmonar está elevada, o índice cardíaco está diminuído e o índice de resistência vascular sistêmica está elevado. II - No choque hipovolêmico, a pressão capilar pulmonar está diminuída, o índice cardíaco está diminuído e o índice de resistência vascular sistêmica está elevado. III - No choque distributivo, a resistência vascular sistêmica está diminuída e o débito cardíaco está aumentado. É (são) correta(s) a(s) assertiva(s):
São sinais clínicos de hipoglicemia neonatal, exceto:
Paciente de 81 anos, gastrectomizado há 10 anos por adenocarcinoma gástrico, apresentando disfagia, fraqueza muscular, alteração da memória e desequilíbrio. Qual a principal hipótese diagnóstica?
Compartilhar