Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Neurologia

Nefrologia

Um paciente tetraplégico chega à UTI com insuficiência respiratória aguda hipercápnica. As possíveis causas são:

A
síndrome de Guillain-Barré, miastenia gravis, acidose metabólica e hipofosfatemia.
B
hipovolemia, hiperpotassemia, SARA e poliomielite.
C
intoxicação por organofosforados, miastenia gravis, acidose metabólica e poliomielite.
D
botulismo, hipopotassemia, acidose metabólica e poliomielite.
E
hipopotassemia, botulismo, intoxicação por organofosforados e porfiria.
Gestante de 30 semanas apresenta-se com feto masculino, oligoâmnio, uretero-hidronefrose Grau IV bilateral e bexiga dilatada. A HIPÓTESE DIAGNÓSTICA E CONDUTA PÓS-NATAL SÃO:
Paciente de 11 meses vem ao ambulatório de pediatria. A mãe refere seis episódios prévios de sibilância com internação hospitalar, com sintomas iniciados desde os primeiros dias de vida. Nos últimos dois meses, precisou ir 5 vezes à emergência. Mãe sem história de atopia. Ao exame físico, lactente em bom estado geral, porém com sinais de desconforto respiratório moderado. Apresenta-se abaixo do percentil 5 para peso e estatura. Com base nessas informações, qual das alternativas a seguir apresenta prováveis hipóteses diagnósticas e os respectivos exames complementares relevantes para o caso?
Qual a principal etiologia da neurite óptica?
Em relação às hérnias de parede abdominal, assinale a alternativa correta.
Compartilhar