Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

Um paraplégico sob cateterismo vesical crônico desenvolve cálculo urinário visível ao Rx simples de abdômen. Seu exame de urina identifica piúria, raras hemácias e presença de flora bacteriana. É mais provável que aquele cálculo seja composto principalmente por:

A
Oxalato de cálcio
B
Estruvita.
C
Ácido úrico.
D
Cistitina.
E
Bauxita.
Lactente de 1 ano e 6 meses, com diagnóstico prévio de Tetralogia de Fallot, em uso de propranolol. Trazido ao pronto socorro pela mãe, pois ficou roxinho, após aplicação da vacina BCG no posto de saúde. Ao exame encontrava-se cianótico 3+/4+, agitado e chorando. Foi colocado em oxigenoterapia. FC = 176 bpm, pulsos fortes e perfusão limítrofe. FR = 36 ipm, esforço leve a moderado, pulmões limpos. O fígado não era palpável e o abdômen era flácido. Referente ao caso, está correta a seguinte afirmativa:
NÃO é sinal sugestivo de ferimento perfurante ocular:
Homem, 40 anos, portador de diabetes tipo 2 e dislipidemia mista, é encaminhado pelo endocrinologista para avaliação de risco cardiovascular. Ao exame físico, apresenta PA: 150x110 mmHg, FC: 58 bpm. Bulhas cardíacas regulares em 2 tempos sem sopros. Ausculta respiratória sem ruídos adventícios. Pulsos simétricos bilaterais. Qual o estágio da PA, segundo a V Diretriz Brasileira de Hipertensão Arterial? Qual seu risco cardiovascular? Quais drogas anti-hipertensivas estariam indicadas para o tratamento?
Pré-escolar de 3 anos encontra-se em crise de asma e foi levada para a Emergência, pela segunda vez nos últimos 30 dias. O quadro iniciou-se 48 horas após resfriado. Neste momento, o exame físico mostra: estado geral decaído, olhos encovados, irritabilidade alternada com sonolência, dispneia moderada a grave, com retrações subcostais; FC: 140bpm; MV pouco audível com roncos e sibilos difusos FR: 52irpm. Fez uso de inúmeras nebulizações com salbutamol e foi administrada uma dose de esteroide oral. Foi indicado o internamento, pois a saturometria persiste em 89%, e assim procedeu-se hidratação venosa e solicitou-se avaliação de glicemia e de eletrólitos séricos. Qual o distúrbio metabólico que pode ocorrer com maior probabilidade neste paciente?
Compartilhar