Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Pneumologia

Dermatologia

Um pedreiro de 48 anos de idade, desempregado, apresentando tosse há mais de quatro semanas, fez exame de escarro e o resultado foi baciloscopia positiva (++/++++). Refere ter interrompido tratamento para tuberculose há aproximadamente oito meses, por ter se sentido melhor. Considerando as normas do Programa Nacional de Controle de Tuberculose, assinale a alternativa correta.

A
O caso desse pedreiro deve ser considerado caso novo de tuberculose.
B
Para confirmação diagnóstica, deve ser realizada radiografia de tórax.
C
A suspeita de tuberculose baseou-se no fato de ser sintomático respiratório, ou seja, apresentar tosse há mais de dez dias.
D
O abandono ao esquema de tratamento aumenta o risco de desenvolver casos de multidroga resistência-TB MDR.
E
O tratamento deve ser feito em hospital para garantir acesso a exames complementares e medicamentos tuberculostáticos.
Uma criança com leucemia aguda apresenta Hb = 6,0 g/dl, leucócitos = 350.000/mm³ e plaquetas = 15.000/mm³. Entre os cuidados emergenciais, sabe-se que NÃO se deve prescrever:
Acerca da puberdade, assinale a alternativa INCORRETA.
Gestante com asma, sem intercorrências durante o pré-natal e com 37 semanas e 1 dia de idade gestacional interna-se para cesárea eletiva. Recém-nascido masculino, peso de 2480 gramas e boletim de Apgar de 8 no 1º e 9 no 5º minuto de vida. Evolui, logo após o nascimento, com taquipneia, esforço respiratório leve e gemência, acompanhados de cianose, com necessidade de oxigênio para manter-se corado. Em relação ao caso apresentado, considere as seguintes afirmativas: 1. Síndrome de desconforto respiratório (doença de membrana hialina) é um diagnóstico a ser considerado, por ser a causa mais prevalente de desconforto respiratório do recém-nascido. 2. A taquipneia transitória do recém-nascido é um diagnóstico que deve ser considerado, já que o parto cesáreo, o sexo masculino e a idade gestacional de termo ou próximo do termo constituem-se elementos importantes para o seu diagnóstico. 3. A pneumonia neonatal congênita é um diagnóstico pouco provável, já que não há relato de febre materna, nem de ruptura prolongada de membranas ou de outros fatores de risco para infecção. 4. A síndrome de aspiração meconial é o diagnóstico mais provável nesse caso, por se tratar de um recém-nascido a termo. 5. A hipertensão pulmonar persistente faz parte do diagnóstico diferencial nesse caso, mesmo não havendo antecedentes de asfixia perinatal. Assinale a alternativa correta.
Paciente com 6 meses de idade apresenta, ao despertar e ao adormecer, 5 a 10 contrações rápidas em flexão dos membros superiores, repetidas, acompanhadas de queda da cabeça. O eletroencefalograma é compatível com hipsarritmia. No exame clínico, observa-se leve atraso no desenvolvimento motor e cognitivo, manchas hipocrômicas em forma de chama de vela e no estudo de imagem nódulos hiperdensos subependimários. Apresenta antecedente de rabdomioma do coração que está em remissão. Assinale os diagnósticos e o tratamento indicado.
Compartilhar