Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Um rapaz de 17 anos com antecedente de epilepsia, desde os 5 anos, foi admitido com crises tônico-clônicas generalizadas, recorrentes, sem recuperação do nível de consciência entre as mesmas. Com relação às síndromes epilépticas, pode-se afirmar que:

A
o quadro acima configurará estado de mal epiléptico (EME), somente se a duração for igual ou superior a 30 minutos.
B
na maioria das vezes a causa da descompensação das crises é a interrupção do tratamento sem orientação médica.
C
caso as crises não cessem com diazepam, a conduta seguinte é a infusão de fenitoína diluída em solução glicosada a 5%.
D
a dose de ataque de fenitoína para EME é de 5 mg/Kg.
E
hipoglicemia prolongada não pode promover EME.
Crianças portadoras de tetralogia de Fallot podem apresentar crises hipoxêmicas. As medidas mais indicadas nesses momentos são:
Em relação aos carcinógenos infecciosos, relacione as colunas e assinale a alternativa com a sequência correta. 1. Vírus Epstein-Barr; 2. Vírus da imunodeficiência tipo I; 3. Papilomavírus humano tipo 16 e 18; 4. Schistosoma baematobium; 5. Opistborcbis viverrini; a. Linfoma de Burkitt; b. Sarcoma de Kaposi. c. Câncer anal; d. Câncer de bexiga; e. Colangiocarcinoma
Marco, 8 anos, há 48 horas com febre, coriza, edema palpebral acentuado, associado a rubor, dor e calor das pálpebras superior e inferior esquerdas. O diagnóstico diferencial envolve celulite pré-septal e celulite orbitária. Assinale qual dos achados abaixo tornaria mais provável o diagnóstico de celulite orbitária:
Em pacientes portadores de aneurisma da aorta infrarrenal, qual tratamento cirúrgico está indicado?
Compartilhar