Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Um rapaz de 17 anos com antecedente de epilepsia, desde os 5 anos, foi admitido com crises tônico-clônicas generalizadas, recorrentes, sem recuperação do nível de consciência entre as mesmas. Com relação às síndromes epilépticas, pode-se afirmar que:

A
o quadro acima configurará estado de mal epiléptico (EME), somente se a duração for igual ou superior a 30 minutos.
B
na maioria das vezes a causa da descompensação das crises é a interrupção do tratamento sem orientação médica.
C
caso as crises não cessem com diazepam, a conduta seguinte é a infusão de fenitoína diluída em solução glicosada a 5%.
D
a dose de ataque de fenitoína para EME é de 5 mg/Kg.
E
hipoglicemia prolongada não pode promover EME.
Homem de 22 anos procura serviço ambulatorial devido a uma massa testicular direita que o levou a ser submetido a uma Orquiectomia radical direita, tendo sido revelado Seminoma. O tratamento deveria incluir:
Paciente com toxemia gravídica em uso de sulfato de magnésio iniciou quadro de depressão respiratória grave. Que conduta está indicada?
Homem, 62a, tabagista e ex-etilista, apresenta disfonia progressiva e odinofagia há 6 meses. Exame físico: linfonodomegalia cervical nível III à esquerda. O DIAGNÓSTICO CLÍNICO, OS EXAMES DE ESTADIAMENTO E DE CONFIRMAÇÃO DIAGNÓSTICA SÃO:
Mulher de 58 anos, diabética e hipertensa há 15 anos, apresenta dispneia e sudorese há 1 hora. Exame físico: PA = 150 x 100 mmHg, FC 110 bpm, FR 30 mpm e saturação periférica de oxigênio 89%. Ausculta torácica: bulhas rítmicas e normofonéticas, sem sopros; crepitações finas nos 2/3 inferiores do tórax. Eletrocardiograma: supradesnivelamento do segmento ST nas derivações V1 a V4. Foram realizados oxigenioterapia e administração de ácido acetilsalicílico. Assinale a alternativa que contém a melhor conduta Inicial:
Compartilhar