Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Neuropediatria

Um recém-nascido com 37 semanas de idade gestacional, peso 1900 g ao nascer, boletim de Agar 6 e 9 no primeiro e quinto minutos, tem risco de apresentar:

A
policitemia decorrente da desnutrição intrauterina.
B
anemia decorrente da asfixia perinatal.
C
anemia decorrente da desnutrição intrauterina.
D
anemia da prematuridade.
E
policitemia decorrente da asfixia perinatal.
Considere um paciente de 58 anos, com história de dispneia lentamente progressiva nos últimos 30 dias, febre (até 38,9°C), tosse produtiva e astenia. Ao exame físico, apresenta murmúrio vesicular (MV) diminuído à direita. O RX de tórax revela derrame pleural à direita. A conduta adequada é:
Considere as afirmações abaixo sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST). I - Mulheres são 2 vezes mais vulneráveis do que seus parceiros masculinos para adquirirem gonorreia, clamídia, hepatite B e cancro mole após exposição única; II- Fazem parte do diagnóstico diferencial de úlceras genitais: sífilis, difteria, Doença de Crohn, tuberculose e donovanose; III- A mulher pode ser portadora assintomática de cancro mole. É necessário realizar punção do bubão com agulha grossa para diagnóstico etiológico e tratamento adequado. Qual a alternativa correta?
Qual o tipo de câncer mais comum em cabeça e pescoço?
Tânia, 16 anos, dá a luz a uma criança a termo de 3.350g. Iniciou sua vida sexual há2 anos. Colhidos exames, VDRL materno 1/8 e FTA-abs reagente, VDRL da criança ¼ e FTA-abs reagente. Mãe negava qualquer tratamento. A conduta mais correta é?
Compartilhar