Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Neuropediatria

Uma criança de 15 meses apresentou febre elevada por 3 dias, tendo ocorrido convulsão febril no primeiro dia da doença. Permaneceu com bom estado geral. No quarto dia, exantema maculopapular generalizado, não voltando a apresentar febre. O agente etiológico mais provável é:

A
Vírus da Rubéola.
B
Herpes tipo 6.
C
Estreptococo do grupo A.
D
Vírus do sarampo.
E
Parvovírus B19.
No próximo item é apresentada uma situação clínica hipotética envolvendo a interface da pediatria com a cirurgia pediátrica, seguida de uma assertiva a ser julgada. Por ocasião da visita a uma unidade básica de saúde para vacinar o filho de 4 meses de idade, a mãe informou que, quando da primeira dose da vacina contra difteria, tétano e coqueluche (DPT) combinada ao Hib, a criança apresentou febre, alguma hiporresponsividade e tumefação dolorosa no local da aplicação. Revendo a história, o pediatra não identificou fator de risco para doença neurológica. Nessa situação, o médico deverá recomendar a aplicação de vacina DPT acelular.
Desde a década passada, a Atenção Integral às Doenças Prevalentes da Infância (AIDPI) revelou-se uma estratégia adequada à disposição dos médicos, com um conjunto básico de intervenções baseadas em evidências científicas que permitem prevenir e tratar eficazmente as principais doenças e problemas que afetam a saúde nos primeiros anos de vida. Acerca dessas evidências, julgue o item. O caso de uma criança que se queixa de dor no ouvido e que, na observação, apresenta secreção purulenta no ouvido e tumefação dolorosa ao toque atrás da orelha deve ser classificado como mastoidite.
Homem de 57 anos, hipertenso e diabético, vem para iniciar acompanhamento em nosso serviço. Há 2 anos apresentou acidente isquêmico cerebral transitório. Exame físico: PA 160 x 100 mmHg, FC 78 bpm, índice de massa corporal (IMC) 35 kg/m², diminuição dos pulsos pediosos bilateralmente; sem outras alterações. Faz uso de nifedipina 40 mg/dia, hidroclorotiazida 25 mg/dia e glibenclamida 10 mg/dia. Exames laboratoriais: HDL 20 mg/dl, LDL 160 mg/dl, triglicerídeos (TG) 160 mg/dl, hemoglobina glicada (HbA1C) 9,1%, creatinina 1,2 mg/dl, potássio 4,0 mEq/l e proteinúria em urina de 24 horas de 1,0 g. Em relação ao tratamento, assinale a alternativa correta.
Homem de 19 anos com diabetes tipo I procurou o pronto-socorro com queda do estado geral, fraqueza e poliúria. Exame físico: hálito cetônico, desidratação +++/4+, respiração de Kussmaul. Exames laboratoriais: glicemia 398 mg/dl, sódio 141 mEq/l, potássio 4,0 mEq/l, cetonúria +++/4+, pH 7,02, pressão parcial de oxigênio 95 mmHg, pressão parcial de CO2 28 mmHg, bicarbonato 13 mEq/l. Assinale a conduta inicial.
Compartilhar