Questões na prática

Clínica Médica

Preventiva

Pneumologia

Uma das associações mais claras em epidemiologia é a relação causal entre tabagismo e câncer de pulmão - o risco relativo de desenvolvimento de câncer de pulmão em um tabagista é de 20 vezes maior. A estimativa de incidência para o ano de 2008 de neoplasias de traqueia, brônquios e pulmão, no Brasil, é de 17.810 homens, a uma taxa bruta de 18,86 a cada 100.000, e 9460 mulheres, a uma taxa bruta de 9,72/100.000. É a segunda neoplasia mais comum em homens e a quarta em mulheres. Com base nesses dados, pode-se afirmar que:

A
de cada 100 pessoas que fumam, 20 desenvolverão câncer de pulmão
B
os dados referem-se ao número total de pessoas com câncer de pulmão no ano de 2008, no país, e a medida do coeficiente avalia o risco de adoecer de câncer, por sexo
C
esses dados justificam o controle do tabagismo como uma política pública, por seu impacto na morbidade, na mortalidade e no custo da assistência
D
de cada 100 pessoas que fumam, 50 desenvolverão câncer de pulmão
E
esses dados não suficientes para justificar o controle do tabagismo como uma política pública
Em relação às pacientes com colelitíase sintomática é correto afirmar:
Considere as seguintes afirmativas: I - quanto mais altos forem os valores da pressão arterial e mais jovem for o paciente, maior será a possibilidade de a hipertensão arterial ser secundária com maior prevalência das causas renais. II - o aparecimento de hipertensão arterial durante o uso de anticoncepcional oral não requer suspensão imediata da medicação. III - o tratamento da hipertensão com inibidores da ECA, diuréticos, betabloqueadores ou bloqueadores do canal de cálcio, é benéfico para a prevenção primária do acidente vascular cerebral (AVC). Quais as questões corretas?
Uma criança de dois anos foi internada por broncopneumonia grave e hemoculturas positivas para Streptococcus pneumoniae. O antibiograma revelou sensibilidade a todos os antibióticos testados, incluindo penicilina, oxacilina e vancomicina. Pela gravidade da infecção, a melhor opção terapêutica nesse caso é usar:
Baseado na diretriz brasileira de tuberculose de 2004, o Ministério da Saúde preconiza qual esquema terapêutico para tuberculose pulmonar e coinfecção com AIDS:
Compartilhar