Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Hepatologia

Uma hepatologista experiente lhe comunicou que seu filho está com insuficiência hepática aguda fulminante (não relacionada ao uso de acetaminofen). Isso quer dizer que seu filho tem:

A
Encefalopatia grau III ou IV.
B
Uma doença hepática muito grave, podendo até requerer transplante e ter ou não icterícia nos estágios mais avançados da doença.
C
Coagulopatia obrigatoriamente (INR > 1,5), mesmo que não haja sangramento evidente.
D
Necrose hepática e infecção bacteriana no parênquima hepático.
E
Indicação formal de transplante hepático, independentemente dos exames laboratoriais.
Em relação à dermatite atópica, assinale a INCORRETA.
No paciente com vertigem, perda auditiva, dor e pressão ou plenitude na orelha acometida terá como provável diagnóstico o (a)
Paciente de 75 anos, tabagista, com doença pulmonar obstrutiva crônica, otite média crônica em tratamento com amoxacilina, hipertenso há 12 anos e diabético há 8 anos, em uso de glimeperida 4 mg/dia, metformina 850 mg/dia, amilorida 10 mg/dia, captropil 75 mg/dia, cavedilol 25 mg/dia e sinvastatina 40 mg/dia, sequelado de AVC (hemiparético à E), chega ao pronto-socorro do SUS com história de cefaleia holocraniana e constante há 9 dias; disfasia há 4 dias; náuseas, vômitos e confusão mental há 2 dias. Há 3h, apresentou crise convulsiva tonicoclônica generalizada. Apresenta ainda dispneia de repouso e ortopneia, astenia e anorexia. Nega febre. Ao exame, PA de 150/90 mmHg, FC de 68 bpm, FR de 27 ir/min, afebril, hipocorado (++/4), edema de MMII, ++/4; AR: murmúrio vesicular universalmente diminuído com estertores difusos; ACV; RCR, 3T, bulhas normofonéticas, sopro sistólico em foco aórtico de +/4; ABD; hepatomegalia a 2 cm do RCD, dolorosa e macicez móvel à percussão; Sistema nervoso: força grau III à E, desorientado, disfásico, sem sinais meníngeos. Exames complementares: leucócitos de 3.100 cél/mm3, plaquetas de 746.000, proteína c reativa de 32 mg/dl, creatinina de 1 mg/dl, sódio de 130 meq/l, potássio de 6,1 meq/l. Radiografia de tórax: presença das linhas B de Kerley e infiltrado Peri-hilar bilateral. Em relação ao caso clínico, responda: Qual a resposta correta?
Quanto à transmissibilidade da ascaridíase, sabe-se que:
Compartilhar