Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Psiquiatria

Psiquiatria

Uma idosa é admitida em função de desidratação decorrente de sua recusa em aceitar alimentação e líquidos, associada a úlcera de pressão por imobilidade no leito. O quadro evolui a cerca de 3 semanas, com relato do cuidador de retraimento social importante, mantendo-se a paciente permanentemente de olhos fechados e sem qualquer interação com o meio. Seus sinais vitais, após reposição volêmica inicial, estão normais, seu ritmo cardíaco mantêm-se regular em 2 tempos, o murmúrio vesicular é universalmente audível, sem adventícios pulmonares, nada digno de nota sendo detectado ao exame do abdome. Indique, dentre as citadas, a hipótese diagnóstica mais provável.

A
Estado confusional.
B
Estado pós-comicial.
C
Hematoma sub-dural crônico.
D
Catatonia.
E
Parkinsonismo.
Na criança, a parada cardiorrespiratória é geralmente de origem:
Assinale a alternativa correta:
Paciente de 41 anos, sexo masculino, submetido a laparotomia exploradora pós-ferimento por arma de fogo, com múltiplas rafias intestinais e esplenectomia, evoluiu no quinto pós-operatório com volumosa saída de secreção sero- sanguinolenta pela ferida operatória, tipo “água de carne”. Marque a alternativa CORRETA:
Para um paciente de 55 anos de idade com diagnóstico tomográfico de um cisto de 4,0 cm no maior diâmetro, classificação de Bosniak III, parcialmente exofítico no polo inferior do rim esquerdo, a conduta mais adequeada é:
Compartilhar