Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Infectologia

Obstetrícia

Uma jovem de dezoito anos de idade procurou o Centro de Saúde porque a menstruação estava atrasada há vinte dias. Após anamnese, a médica orientou quanto à necessidade de realizar exames laboratoriais, para confirmação da gravidez, bem como, para pesquisa de sífilis e infecção pelo HIV. Na consulta de retorno, essa jovem foi informada que o teste para sífilis deu negativo, porém o teste para HIV foi reagente e foi confirmada a gestação. Em relação ao HIV/AIDS, assinale a alternativa incorreta.

A
O caso dessa jovem pode ser notificado após contagem de CD4 e carga viral.
B
A transmissão vertical do HIV pode ser evitada com profilaxia e terapia antiretroviral.
C
Recomenda-se que essa jovem seja encaminhada ao Centro de Referência para HIV/AIDS para acompanhamento e tratamento.
D
No Brasil, a transmissão vertical é responsável pela quase totalidade de casos de AIDS em menores de treze anos de idade.
E
A possibilidade de transmissão vertical é crescente em função da feminização da epidemia de AIDS no Brasil.
Em um material purulento cuja bacterioscopia revela bacilos Gram-positivos, pensa-se em:
A triagem neonatal para anomalias cromossomiais, sobretudo as síndromes de Down e Edwards pode ser feita baseada em dados clínicos, laboratoriais e sonográficos. Os exames laboratoriais que associados a translucência nucal e a idade materna apresentam maior sensibilidade e especificidade na detecção dessas anomalias e subsequente melhoria na qualidade da triagem das pacientes a serem submetidas a estudo genético invasivo são:
Sobre doenças respiratórias que acometem crianças, julgue os itens subsequentes. I - Se um pré-escolar evolui há 15 dias com febre diária vespertina, tosse seca, sudorese noturna, anorexia e emagrecimento: a radiografia do tórax mostra adenomegalia Peri-hilar e condensação de lobo inferior direito: e o exame de lavado gástrico é negativo para bacilo de Koch, o diagnóstico de tuberculose pode ser descartado. II - Caso uma criança com três anos de idade apresente, há dois anos, episódios repetidos de pneumonia e diarreia, a causa mais provável será a deficiência de alfa1-antitripsina. III - Considerando que um lactente com três meses de idade apresente agudamente quadro febril, tosse e dificuldade para respirar e a radiografia do tórax mostre acentuada hiperinsuflação pulmonar, o diagnóstico clínico será de bronquiolite viral e o agente etiológico mais frequente nesse tipo de caso é o adenovírus. IV - Radiografia de tórax com condensação em lobo inferior direito e discreto derrame pleural sugere pneumonia por Clamydia pneumoniae. V - Pneumonia por Mycoplasma pneumoniae costuma apresentar-se com o hemograma normal ou com discreta leucocitose. A quantidade de itens certos é:
Fernando, 3 anos, branco, compareceu a seu médico de família levado pela mãe com exames complementares já realizados. Fernando estava em bom estado geral, eutrófico e a única alteração apresentada no exame físico foi palidez palmar leve. Os exames apresentavam os seguintes resultados: Hb:10,3 g/dL, VCM: 70, CHCM: 28, ferritina sérica diminuída, saturação de transferrina diminuída, ferro sérico diminuída. Qual o diagnóstico mais provável para Fernando?
Compartilhar