Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Dermatologia

Dermatologia

Uma jovem é encontrada na sua casa desacordada e é levada para um Pronto Atendimento. Ao exame, apresenta-se com febre (T axilar 38,5°C), confusa, desorientada, com pupilas isocóricas e fotorreagentes, sem rigidez de nuca, e com hemiparesia desproporcional direita. Foi realizado um exame de tomografia computadorizada de crânio que observou lesão hiperdensa em região do lobo temporal esquerdo sem desvio da linha média. Foi realizada uma punção liquórica que evidenciou os seguintes achados em líquido cefalorraquidiano (LCR): celularidade 120 leucócitos, 80% linfócitos, 0 hemácias, 20% neutrófilos, proteína de 50 mg/dl, glicose 88 mg/dl, Pandy negativo, bacterioscopia negativa. Frente a estes achados a conduta CORRETA é:

A
Iniciar ceftriaxona + ampicilina e aguardar as culturas do LCR.
B
Solicitar cultura para micobactérias no LCR e iniciar esquema I para tuberculose.
C
Solicitar PCR para Herpes simples tipo I no LCR e iniciar aciclovir.
D
Solicitar reação sorológica para enterovírus e prescrever dexametasona.
E
Solicitar reação imunológica para pneumococo no LCR e prescrever ampicilina.
Qual é o tratamento de escolha para o adenocarcinoma do apêndice, limitado à ponta do apêndice?
A paralisia facial periférica de Bell NÃO tem entre as suas manifestações:
Mulher de 42 anos deverá ser submetida à cirurgia eletiva de colecistectomia. Nega história pessoal e familiar de sangramento. Os exames pré-operatórios mostraram: RNI = 1,02 (normal até 1,2); TTPA = 2,59 (normal até 1,25); TTPA com adição de plasma normal = 1,05. Assinale o teste que permite prosseguir de forma correta a investigação.
O padrão respiratório constitui um dos itens importantes do exame físico da criança e engloba frequência, ritmo e esforço respiratório. Alguns padrões são característicos e fornecem subsídios que auxiliam no diagnóstico. Correlacione a 1ª com a 2ª coluna e assinale a alternativa correta: 1. Respiração de Cheyne-Stokes 2. Respiração de Kussmaul 3. Respiração de Biot 4. Respiração periódica ( ) traumatismo craniano ( ) cetoacidose diabética ( ) lesão cerebral grave ( ) prematuridade.
Compartilhar