Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Infectologia

Pneumologia

Dermatologia

Doenças Respiratórias

Um recém nascido de 7 dias é trazido pela mãe à consulta de caso novo. Ela conta que o pai está com tuberculose “ativa” e que iniciou tratamento há 1 semana. Dormem em um quarto único. O RN nasceu no interior de São Paulo e não tomou nenhuma vacina na maternidade. A medida mais eficaz para protegê-lo da tuberculose é:

A
administrar isoniazida por 6 meses. Após esse período, fazer PPD e se não for reator, vacinar com BCG-ID.
B
administrar isoniazida por 3 meses. Após esse período, vacinar com BCG-ID.
C
administrar isoniazida por 6 meses. Após esse período, vacinar com BCG-ID.
D
fazer PPD e se não for reator, vacinar com BCG-ID.
E
administrar isoniazida por 3 meses. Após esse período, fazer PPD e se não for reator, vacinar com BCG-ID.
Pré-escolar de três anos, bom estado de saúde prévio, apresenta um quadro de pneumonia com derrame pleural de volume moderado. A toracocentese extraiu-se líquido turvo. O agente etiológico mais provável para este caso é:
Qual das variáveis abaixo não é critério maior de Jones (versão atual) para o diagnóstico de febre reumática:
Em relação ao tratamento cirúrgico da tireotoxicose é CORRETO afirmar que:
Quando ocorre envolvimento renal, as doenças, abaixo citadas, costumam evoluir com síndrome nefrótica, exceto:
Compartilhar