Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

Uma menina de 4 anos de idade apresenta-se com edema periorbitário no início da manhã. Sua albumina sérica é de 1,5 g/dl. O diagnóstico mais provável é:

A
Síndrome nefrótica
B
Acidose tubular renal
C
Síndrome de Bartter
D
Glomerulonefrite aguda
E
Nefropatia por IgA (nefropatia de Berger)
RN pré-termo limítrofe, Apgar 9 no primeiro minuto de vida, desenvolve taquipneia nas primeiras 6 horas de vida. Ao exame, observa-se taquipneia, FR = 98 ipm, saturação de O2 98%, Rx de tórax com imagem de infiltração linear a partir dos hilos, com cisurite, silhueta cardíaca normal. O diagnóstico mais provável é:
Todos os fatores abaixo estão associados a um risco aumentado de desenvolvimento de câncer do estômago, exceto:
Um homem de 65 anos de idade, hipertenso, tabagista, portador de fibrilação atrial crônica, refere forte dor abdominal periumbilical e vômitos há 10 horas. A dor foi aumentando progressivamente. Está afebril, com perfusão periférica ruim, apresentando livedo reticular em membros inferiores. Pulso: 110 bpm; PA: 90 × 50 mmHg. Abdome pouco distendido, sem sinais de peritonismo nem massas palpáveis. Principal hipótese diagnóstica e conduta:
A tétrade clássica ou tétrade de Sabin da toxoplasmose congênita é constituída de:
Compartilhar