Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Hepatologia

Uma mulher branca de 20 anos de idade vai ao pronto-socorro apresentando icterícia e mal-estar há duas semanas. Ela observou que a urina está escurecida há vários dias e recentemente um amigo notou que suas escleróticas estavam discretamente amareladas. Alguns meses antes, seu namorado teve algum tipo de hepatite. A paciente não está em uso de medicamentos nem possui história clínica significativa. Seu exame físico é normal, exceto pela esclerótica e pela pele ictéricas. Ela está consciente e orientada. Os estudos laboratoriais iniciais revelam os seguintes resultados: ALT 1.206; AST 983; Fosfatase alcalina (normal < 120 u/I) 183 u/I; Bilirrubina 8,6 mg/dl; TP 12,2 segundos; Hematócrito 39%; Contagem de leucócitos 8.900/mI. Os resultados dos estudos sorológicos para hepatite estão sendo aguardados. Sobre esse quadro clínico, assinale a alternativa correta:

A
Nesse quadro, é necessário hospitalização devido ao perigo de insuficiência hepática fulminante.
B
Estudo de imageamento (ultrassonografia ou TC) é indicado para excluir dilatação dos ductos intra-hepáticos.
C
Embora não seja necessária, uma biópsia hepática forneceria informações etiológicas e prognósticas úteis.
D
Hepatite viral aguda é a condição mais provável. A paciente pode fazer acompanhamento ambulatorial enquanto aguarda os resultados sorológicos.
E
O diagnóstico é cirrose hepática descompensada.
Sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais (Lei 10.216/01), analise as alternativas abaixo:
Mulher, 23 anos, vem pela manhã à Unidade de Saúde da Família para realizar o exame citopatológico de colo uterino. O médico observa que na sala de espera a paciente apresenta risos imotivados, tosse, letargia, conversa com todos os presentes, com fala lentificada, está comendo a segunda barra de chocolate. Durante a consulta, constata hiperemia conjuntival, taquicardia, xerostomia, midríase, temperatura de 35,4°C. Registros de prontuário anterior apontam um irmão esquizofrênico. Mantida para observação, apresentou franca normalização dos sinais vitais e comportamentais, bem como recuperação da crítica. Considerando síndromes correlatas ao uso de drogas como hipótese diagnóstica, o diagnóstico e conduta são:
Paciente, 13 anos de idade, vem à emergência com quadro de sonolência, evoluindo a torpor, acompanhado de hipotensão, hiporreflexia, cianose labial e depressão respiratória. Sem qualquer passado de doenças. Existe informação de conflito familiar. A principal suspeita desse quadro é uma síndrome tóxica. A síndrome tóxica que se enquadra nos sintomas apresentados e as drogas relacionadas são, respectivamente:
Paciente mergulhou em águas rasas há 2 horas. Chega à emergência consciente e orientado. Radiograma cervical em perfil mostra luxação total de C6 sobre C7. Assinale a alternativa que corresponde ao seu exame físico:
Compartilhar