Questões na prática

Clínica Médica

Hematologia

Uma mulher de 25 anos de idade procura o ambulatório do H.U. com história clínica de equimoses. A contagem plaquetária encontra-se abaixo de 15.000, com hemoglobina, hematócrito e contagem de leucócitos normais. O esfregaço de sangue periférico é inespecífico, exceto pela escassez de plaquetas. O diagnóstico mais provável é:

A
Leucemia aguda.
B
Púrpura pós-transfusional
C
Púrpura trombocitopênica imune.
D
Tromboastenia de Glauzmann.
E
Trombocitopenia congênita.
A classificação de De Bakey para os aneurismas de aorta, considera o local envolvido na dissecção (Tipos I, II e III). Quando a dissecção origina-se na aorta ascendente e se estende por toda a aorta, é classificada como:
Julgue o item subsequente, acerca de queda ocorrida com paciente idoso. Há uma associação bem estabelecida entre o uso de psicoativos e quedas, sendo os antidepressivos, os ansiolíticos, os neurolépticos e os hipnóticos os medicamentos mais envolvidos nesses episódios.
No próximo item é apresentado um caso clínico seguido de uma assertiva a ser julgada. Um paciente foi admitido no pronto-socorro por apresentar dor lombar intensa, náuseas e vômitos. No exame físico, não foram detectados sinais de irritação peritoneal no paciente. Os exames laboratoriais revelaram EAS com hematúria +/4+ e leucograma normal. A tomografia computadorizada da região abdominal do paciente mostrou cálculo renal de 4 mm no terço superior do ureter direito, com discreta hidronefrose à direita. Nesse caso, seria correto submeter o paciente a hidratação vigorosa, analgesia, acompanhamento laboratorial e realização de exames de imagem seriados para avaliar alteração da hidronefrose.
Jovem com história familiar de nefrolitíase, branco, solteiro, tem cálculo de ácido úrico documentado após episódio de cólica nefrética. Na investigação do perfil metabólico, as alterações mais prováveis de se documentar são:
Compartilhar