Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Pneumologia

Uma mulher de 32 anos de idade, com SIDA e se apresenta com antecedente de três semanas de dispneia ao esforço progressiva. A paciente é indigente e não está tomando medicamentos. Observa-se taquipneia com frequência respiratória de 42/min e saturação inicial de oxigênio de 84% em ar ambiente. Radiografia de tórax mostra infiltrados reticulonodulares bilaterais. Há forte suspeita de infecção por Pneumocytis carinii (P. jiroveci). Inicia-se terapia com clindamicina e primaquina, já que a paciente apresentou previamente reação alérgica e sulfas. Vinte e quatro horas depois a paciente desenvolve insuficiência respiratória hipoxêmica, é intubada e colocada em ventilação mecânica. Qual das seguintes afirmações com respeito a sua atenção é verdadeira?

A
Sua piora clínica poderia ter sido prevenida pelo tratamento com trimetoprim-sulfametoxazol.
B
É provável que a piora de seu estado de oxigenação se relacione ao fato de não haver sido prescrito corticoide como parte da terapia inicial.
C
O nível elevado de desidrogenase láctica sérica teria confirmado o diagnóstico de pneumonia por Pneumocystis carinii (P. jiroveci).
D
Deve-se iniciar terapia antirretroviral altamente ativa para melhorar suas chances de sobrevida.
Paciente, 52 anos de idade, G4P3A1, queixa-se de sangramento pós-coital há 7 meses. Relata, ainda, fluxo genital com mau cheiro há 15 dias. Coitarca aos 15 anos. Relata passado de sífilis e ser tabagista desde os 17 anos, fumando atualmente uma carteira por dia. Ao exame físico, TA: 100 x 70 mmHg, PR: 80 bpm. Exame segmentar sem alterações. Exame especular revela lesão exofítica de 2,0 cm em lábio anterior do colo uterino. São fatores para câncer de colo uterino, EXCETO:
Paciente, 52 anos de idade, G4P3A1, queixa-se de sangramento pós-coital há 7 meses. Relata, ainda, fluxo genital com mau cheiro há 15 dias. Coitarca aos 15 anos. Relata passado de sífilis e ser tabagista desde os 17 anos, fumando atualmente uma carteira por dia. Ao exame físico, TA: 100 X 70 mmHg, PR: 80 bpm. Exame segmentar sem alterações. Exame especular revela lesão exofítica de 2,0 cm em lábio anterior do colo uterino. Dos tipos de HPV a seguir, os que estão relacionados ao câncer cervical são:
Paciente, 24 anos de idade, G2P1A0, com gestação de 12 semanas, vem ao pré-natal referindo cansaço e tontura. Queixa-se, ainda, de náuseas e vômitos eventuais. Trouxe exames com Ht: 30%, Hb: 10, 2 g%, VCM e HCM diminuídos e RDW de 15,8%. Caracteriza-se a anemia com os dados existentes, como:
Paciente, 34 dias de vida, é levado à consulta de rotina, trazendo o resultado do teste do pezinho, onde se verificou, na eletroforese de Hb, a presença de hemácias F, A e S. A conduta a ser adotada é:
Compartilhar