Questões na prática

Clínica Médica

Reumatologia

Uma mulher de 40 anos apresenta-se com queixa, de um ano de evolução, de mãos que ficam roxas no frio.Em uma anamnese mais detalhada, refere que, ao expor as mãos ao frio ou quando está estressada, vários dígitos ficam pálidos, com parestesias bastantes desconfortáveis, e depois ficam cianóticos. Alguns ficam muito vermelhos depois que ela aquece as mãos. Ao exame físico, apresenta cianose de quirodáctilos e pequenas cicatrizes com discreta perda de substância nas polpas digitais. Com relação a esse caso, identifique se as afirmativas abaixo são verdadeiras (V) ou falsas (F). ( ) Esse fenômeno é praticamente universal em pacientes com esclerose sistêmica. ( ) De 3 a 5% da população apresentam esse fenômeno. ( ) Evidências de que esse fenômeno seja primário podem ser aventadas quando o paciente apresenta uma história familiar com FAN (fator antinuclear) positivo e ausência de necrose. ( ) A análise dos capilares no leito ungueal é útil na avaliação desse fenômeno. ( ) Esse fenômeno envolve exclusivamente os capilares das extremidades do corpo. Assinale alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.

A
V – F – F – V – V.
B
V – F – V – V – V.
C
F – V – F – F – V.
D
V – V – F – V – F.
E
F – F – V – F – V.
A pior opção para tratar um megaesôfago chagásico avançado e recidivado é:
Sobre o choque medular (CM) que acontece após traumatismo raquimedular (TRM), assinale a alternativa CORRETA:
Quais são os exames de rotina que devem ser solicitados no pré-natal de baixo risco?
Na avaliação do desenvolvimento de uma criança, a ausência de alguns marcos são sinais de alarme e alerta para o pediatra. Qual correlação não indica atraso no desenvolvimento?
Compartilhar