Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Endocrinologia

Reumatologia

Ginecologia

Uma mulher de 50 anos de idade teve seu último ciclo menstrual há um ano após histerectomia subtotal abdominal. Apresenta sintomas do tipo fogachos, déficit de memória e adinamia. Sua mãe, de 70 anos de idade, fraturou recentemente o quadril, e uma prima de 2° grau tem câncer de mama. A paciente está preocupada com a osteoporose e pergunta de que forma esta pode ser evitada. Um exame de densitometria óssea de três anos atrás quando menstruava mostrava valores abaixo da faixa etária esperada. Qual das seguintes medidas preventivas seria a mais útil para esta paciente?

A
Iniciar um programa de exercício com atividade de impacto.
B
Orientar a ingestão de cálcio para 1.500 mg/dia e vitamina D 800 UI/dia, além do sol e exercício físico.
C
Orientar a ingestão de cálcio para 1.500 mg/dia e vitamina D 400 UI/dia, monitorar através de densitometria óssea até atingir níveis de osteoporose para iniciar droga antireabsortiva.
D
Orientar a ingestão de cálcio para 1.000 mg/dia e vitamina D 800 UI/dia, associar terapia hormonal estrogênica.
E
Orientar a ingestão de cálcio para 1.000 mg/dia e vitamina D 200 UI/dia, associar droga antireabsortiva.
Em que situação específica a cirurgia de esplenectomia NÃO pode ser indicada?
O teste sorológico mais específico para o diagnóstico de infecção aguda pelo vírus Epstein-Barr é a dosagem de:
Mãe ansiosa leva seu filho menor, lactente de 10 meses, ao posto de saúde próximo à sua residência para avaliação pediátrica, pois acha que o mesmo não está se desenvolvendo como o filho da vizinha que tem a mesma idade. Baseando-se nos marcos do desenvolvimento neuro-psicomotor adequado, qual dos dados abaixo justificaria a preocupação desta mãe?
Criança de 3 anos, com história ou crises convulsivas, em uso regular de fenobarbital dá entrada no Pronto-socorro com convulsão tônico clônico generalizada de duração maior do que15 minutos, segundo relato dos pais. Mãe refere que a criança não recebeu as últimas 2 doses da medicação. Qual é a sequência adequada de condutas para esse caso?
Compartilhar