Questões na prática

Clínica Médica

Hepatologia

Uma mulher de 55 anos de idade é levada ao pronto-socorro com história de aumento progressivo do abdome nos últimos 6 meses e, há 2 dias, iniciou com confusão mental e sonolência. Tem antecedente de tabagismo e etilismo nos últimos 20 anos. Exame físico: confusa, desorientada e sem déficit motor. A temperatura axilar é de 36,8°C, pulso de 80 bpm e PA de 110X70mmHg. Abdome difusamente doloroso com ruídos hidroaéreos ausentes, ascite importante e esplenomegalia. Auscultura cardiopulmonar normal. Os exames de sangue mostram hemoglobina de 9,5 g/dL, 2.500 leucócitos/mm³, 65.000 plaquetas/mm³, sódio 132mEq/L, potássio de 4,1mEq/L, creatinina de 1,2mg/dL, amílase 80mg/dL, glicemia de 98mg/dL, albumina de 2,5g/dL. A análise do líquido ascítico mostrou 1000 células/mm³, sendo 60% de neutrófilos e 40% de linfócitos e albumina de 0,5g/dL. Qual a conduta?

A
Laparotomia exploradora de imediato.
B
Paracentese de alívio.
C
Iniciar antibioticoterapia com cefalosporina de 3ª geração.
D
Jejum, hidratação, sondagem nasogástrica e analgésicos.
Um paciente masculino, 58 anos, DM II, HAS, obeso e dislipidêmico chega ao Pronto-Socorro com dispneia e febre há 2 dias. Tem na radiografia de tórax: imagem de condensação em base e 1/3 médio de hemitórax direito. Ao exame físico apresenta-se com: PA: 78 x 46 mmHg, FC: 108 bpm, FR = 26 ipm, torporoso, glicemia capilar de 256 mg/dl, temperatura axilar: 38,3°C. O diagnóstico sindrômico e a melhor conduta seriam:
A conduta imediata na fratura supracondiliana do úmero em criança, que apresenta primariamente diminuição do fluxo sanguíneo distal, deve ser:
Mulher de 45 anos procurou assistência médica devido infecções urinárias de repetição. Durante investigação foi identificado cálculo de 35 mm com 1150 UH, localizado na pelve renal e cálice inferior causando discreta dilatação da via excretora. Atualmente, o tratamento sugerido para esta situação é:
Assinale a alternativa CORRETA sobre as obstruções duodenais no recém-nascido:
Compartilhar