Questões na prática

Clínica Médica

Hepatologia

Uma mulher de 55 anos de idade é levada ao pronto-socorro com história de aumento progressivo do abdome nos últimos 6 meses e, há 2 dias, iniciou com confusão mental e sonolência. Tem antecedente de tabagismo e etilismo nos últimos 20 anos. Exame físico: confusa, desorientada e sem déficit motor. A temperatura axilar é de 36,8°C, pulso de 80 bpm e PA de 110X70mmHg. Abdome difusamente doloroso com ruídos hidroaéreos ausentes, ascite importante e esplenomegalia. Auscultura cardiopulmonar normal. Os exames de sangue mostram hemoglobina de 9,5 g/dL, 2.500 leucócitos/mm³, 65.000 plaquetas/mm³, sódio 132mEq/L, potássio de 4,1mEq/L, creatinina de 1,2mg/dL, amílase 80mg/dL, glicemia de 98mg/dL, albumina de 2,5g/dL. A análise do líquido ascítico mostrou 1000 células/mm³, sendo 60% de neutrófilos e 40% de linfócitos e albumina de 0,5g/dL. Qual a conduta?

A
Laparotomia exploradora de imediato.
B
Paracentese de alívio.
C
Iniciar antibioticoterapia com cefalosporina de 3ª geração.
D
Jejum, hidratação, sondagem nasogástrica e analgésicos.
Em relação à dengue, são considerados sinais e sintomas de alarme pelo Ministério da Saúde do Brasil:
Em um paciente idoso com hipotensão arterial postural sintomática idiopática, qual medicamento poderá ser empregado?
Criança de cinco meses, sexo masculino, é levada para consulta de puericultura de rotina, com mãe muito preocupada com o desenvolvimento de seu filho que não está com sustento cervical completo e que o filho da vizinha de quatro meses já está todo “durinho”. O pediatra então colhe a história da criança que mostra uma gestação com seis consultas, sorologias da gestante normais e que, com 24 semanas de gestação, a gestação tornou-se de alto risco devido à hipertensão arterial da gestante e que, com 28 semanas, foi necessária a realização de cesariana devido ao descontrole da hipertensão arterial. No relatório da maternidade, mostrou que o RN ficou em ventilação mecânica por quatro dias, recebeu surfactante, teve sepse presumida tratada por 10 dias, avaliação de retina normal e ultrassom transfontanelar normal. No exame do pediatra da puericultura, foi notado um PC: 38 cm, sustento cervical incompleto, sorriso social, tônus adequado, reflexos primitivos todos presentes e criança acompanhava com olhar estímulo de luz nas quatro direções. Frente ao não sustento cervical nessa criança de cinco meses, qual a melhor conduta?
Paciente vítima de agressão com hematomas e escoriações no abdome. Qual dos seguintes achados indicaria a necessidade absoluta de laparotomia de emergência:
Compartilhar