Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Dermatologia

Uma mulher diabética, de 46 anos de idade, portadora de insuficiência venosa periférica, chega ao ambulatório com história de dor e uma lesão avermelhada mal definida, em torno de uma erosão sobre a tíbia. Com relação ao quadro acima, qual das seguintes alternativas é correta?

A
Há necessidade de terapia antifúngica.
B
As hemoculturas raramente são positivas. A penicilina é o fármaco de escolha.
C
Justifica-se a internação da paciente, iniciando-se com antibióticos EV e parecer cirúrgico.
D
O herpes simples está incluído no diagnóstico diferencial. Investigar as práticas sexuais da paciente.
E
Iniciar a cobertura antimicrobiana para estreptococos e para estafilococos, produtores de penicilinase.
O diagnóstico de transtorno de personalidade baseia-se, fundamentalmente:
Paciente com 32 semanas de gestação sofreu acidente de automóvel. Estava dirigindo a 60 km/h, vinha utilizando cinto de segurança e não sofreu lesões externas. Foi atendida no pronto-socorro, onde recebeu atendimento adequado e liberada após seis horas de observação sem qualquer lesão constatada. Dois dias após, chega à maternidade com contrações uterinas regulares (2 a cada 10 minutos) e cardiotocografia reativa. Qual o diagnóstico provável?
Mulher, 29 anos, preta, assintomática, apresenta, em radiograma de tórax realizado para admissão no trabalho, linfoadenomegalias nas regiões hilares e paratraqueais, bilateralmente. Hemograma normal. Mantoux não reator. Ao exame físico, não apresenta linfonodos palpáveis. Qual é a principal suspeita diagnóstica?
Paciente de 70 anos com hérnia inguinal de início recente. Com relação ao pré-operatório, assinale a INCORRETA:
Compartilhar