Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Dermatologia

Uma mulher diabética, de 46 anos de idade, portadora de insuficiência venosa periférica, chega ao ambulatório com história de dor e uma lesão avermelhada mal definida, em torno de uma erosão sobre a tíbia. Com relação ao quadro acima, qual das seguintes alternativas é correta?

A
Há necessidade de terapia antifúngica.
B
As hemoculturas raramente são positivas. A penicilina é o fármaco de escolha.
C
Justifica-se a internação da paciente, iniciando-se com antibióticos EV e parecer cirúrgico.
D
O herpes simples está incluído no diagnóstico diferencial. Investigar as práticas sexuais da paciente.
E
Iniciar a cobertura antimicrobiana para estreptococos e para estafilococos, produtores de penicilinase.
Com relação à ultrassonogra?a no exame preventivo do câncer da mama, assinale a alternativa correta.
Assinale a alternativa que indica corretamente o quimioterápico a ser utilizado nos casos de doença trofoblástica gestacional, que necessitem de monoquimioterapia e que não responderam adequadamente ao metrotrexate.
Dá entrada na emergência um paciente com quadro de dispneia e febre, além de hipotensão arterial e sudorese fria. FC = 120 bpm, PA = 90 x 60 mmHg, Tax = 39°C, FR = 24 irpm. O hemograma revela 5.000 leucócitos/mm³, com 80% de granulócitos, sendo 30% de bastões. Na hematoscopia, são descritas anisocitose, poiquilocitose e corpúsculos de Howell-Jolly. O quadro infeccioso é causado, mais provavelmente, pelo seguinte microrganismo:
Os procedimentos transluminais percutâneos estão cada vez mais populares entre pacientes e médicos para tratamento da doença isquêmica do miocárdio. Entretanto, as cirurgias abertas de revascularização têm resultados superiores aos procedimentos percutâneos em lesões obstrutivas de:
Compartilhar