Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Uma paciente em trabalho de parto normal, 5 cm de dilatação, apresenta hemorragia vaginal imediatamente após a rotura artificial de membranas. A monitoração fetal revela padrão sinusoidal na cardiotocografia. O diagnóstico provável é:

A
placenta prévia.
B
placenta acreta.
C
rotura do seio marginal.
D
inserção velamentosa do cordão umbilical.
E
vasa prévia.
Em relação as cardiopatias congênitas, selecione a frase incorreta:
Na cirurgia dos tumores de parede torácica. Assinale a assertativa correta.
Um jovem de 18 anos sofreu trauma cranioencefálico após queda de 4 m de altura. Chega ao pronto-socorro imobilizado em prancha rígida, com colar cervical e máscara de oxigênio com 10 L/minuto. Não tem secreções em via aérea e a satO2 é 100%. A ausculta pulmonar mostra murmúrio vesicular presente bilateralmente. Não tem sangramento externo. PA = 120 × 80 mmHg. Pulso: 90 batimentos por minuto. Glasgow: 6. Midríase à direita, com equimose periorbitária bilateral. Em relação ao atendimento inicial deste paciente:
Lactente de 20 meses é levada ao pronto-socorro logo após um episódio de cianose generalizada e atividade clônica dos quatro membros. A mãe relata que este é o sexto episódio em duas semanas, todos os quais ocorreram na ausência de febre, sempre após ter sido censurada por alguma travessura. Cada episódio dura cerca de 30s, e a criança permanece irresponsiva, com os olhos fechados, sem liberação esfincteriana. Não há história familiar de epilepsia. O desenvolvimento da paciente é adequado e o seu exame físico normal. Neste caso, deve-se adotar como conduta:
Compartilhar