Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Uma paciente, 22 anos de idade, diarista, moradora de São Sebastião - região administrativa situada a 25 km da rodoviária do Plano Piloto, deu entrada no pronto socorro e refere febre há três dias, acompanhada de cefaleia, mal estar generalizado, dores musculares e prurido. Foi medicada com sintomáticos e teve alta. Retornou após dois dias com ressurgimento dos sintomas, além de vários episódios de vômitos. Ao exame, apresenta bom estado geral, desidratada +/4+, febril e exantema no tronco e MMII. Refere ter tido dengue em 2002, quando morava em Goiânia e apresentou os mesmos sintomas. O clínico suspeita de dengue e adota algumas medidas. Assinale a alternativa incorreta quanto à medida adotada pelo clínico.

A
Solicita hemograma completo e plaquetas.
B
Notifica a suspeita de dengue.
C
Solicita coleta de sangue para exame sorológico para dengue.
D
Após a medicação sintomática, interna a paciente no pronto socorro para observação, repouso, hidratação e acompanhamento.
E
Consideram-se como sinais de alerta: vômitos repetidos, dor abdominal intensa, tonturas, agitação ou sonolência, sangramentos.
Um recém-nascido de termo, do sexo feminino, apresenta uma manobra de Ortolani positiva no exame de alta do berçário. Com 15 dias de vida, a manobra é novamente positiva, na consulta de puericultura, na unidade básica de saúde. Nesse momento, o médico deve:
Paciente de 55 anos, sexo feminino, com quadro súbito de perda de consciência, que durou 15 minutos. Com recuperação da consciência, apresentava cefaleia intensa, pulsátil e vômitos. Após 3 dias procurou atendimento por permanência das queixas e apresentava o seguinte exame neurológico: Kernnig positivo bilateral, com rigidez de nuca com Brudizinski presente e Lasègue positivo. Estava febril (38º). Foi puncionada e LCR com: 7 leucócitos, predomínio de mononucleares, proteínas de 90mg%, glicose 60mg% (glicemia de 90mg%), hemácias de 5500. Provas dos três tubos mostrando xantocromia mantida (invariável). CT de crânio hiperdensidade de foice inter-hemisférica posterior. Qual é o diagnóstico e conduta, além da internação.
Marque a alternativa que NÃO contém um diagnóstico de complicação da traqueostomia:
Em relação às distopias testiculares, assinale a alternativa incorreta.
Compartilhar