Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Uma paciente com 29 anos apresenta quadro clínico, iniciado há oito meses, de dor pélvica contínua, de caráter progressivo, agravando-se no período menstrual e sem melhora após o uso de vários analgésicos e anti-inflamatórios não-esteroides. Os exames indicados para conclusão diagnóstica são:

A
Ultrassonografia e laparoscopia.
B
Ressonância magnética da pelve e CA 123.
C
Histeroscopia e colpocitologia oncótica.
D
Radiografia de coluna e curetagem uterina.
Em escoliose idiopática do adolescente,
Em implantes de stents coronarianos após angioplastia,
Um paciente do sexo masculino, com 28 anos, está em tratamento com poliquiomioterapia para hanseníase (dapsona, rifampicina e clofazimina). Apresentou, no quarto mês de tratamento, diminuição do volume urinário, rash cutâneo, dor lombar e elevação de ureia e creatinina. O diagnóstico mais provável, nesse caso, é:
A Terapia Comunitária, sistematizada há mais de 20 (vinte) anos no Ceará, pelo psiquiatra Adalberto Barreto, hoje presente em vários cenários da saúde pública brasileira, possui como pilar teórico a:
Compartilhar