Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Endocrinologia

Reumatologia

Uma paciente de 32 anos queixa-se de ansiedade, tremores, palpitações e dor na região cervical. Segundo informa, o quadro iniciou-se duas semanas após um episódio compatível com uma virose respiratória. Ao exame físico, a paciente apresenta-se taquicárdica, com mãos quentes e úmidas, além de sentir dor à palpação da tireoide seus exames revelam um TSH ultrassensível suprimido ( < 0,003 UI) e dosagens de T3 e T4 muito elevadas. A velocidade de hemossedimentação é muito elevada ( 100 mm primeira hora). A captação de iodo radioativo revela-se muito reduzida, e a dosagem de tireoglobulina sérica é elevada. Qual é o diagnóstico que se impõe como correto?

A
Doença de Graves.
B
Tireoidite de Hashimoto.
C
Tireoidite de De Quervain.
D
Carcinoma folicular de tireoide.
E
Tireoidite supurativa aguda.
Um paciente de 75 anos de idade tabagista de 50 maços por ano informa apresentar tosse matinal desde os 50 anos de idade. Passados 10 anos, começou a sentir a associação de dispneia aos esforços moderados e gripes frequentes. Tais sintomas intensificaram-se em uma frequência de pelos menos 4 meses ao longo do ano. Resolveu-se buscar assistência médica a partir do momento em que notou grande dificuldade para barbear-se e tomar banho sozinho. O exame físico revelou redução global do murmúrio vesicular. A radiografia de tórax mostrou retificação da cúpula diafragmática. Com a realização da espirometria, identificou-se capacidade vital forçada (CVF) a 60% do previsto, com VEFL a 30% do previsto e índice de Tiffenau com valor de 50% sem resposta ao uso do broncodilatador. Com referência ao quadro clínico acima, julgue o item que se segue. O grau de comprometimento da doença pode ser classificado como moderado, pois ainda não há evidências de cor pulmonale nem a necessidade do uso do oxigênio suplementar.
Uma mulher de 40 anos de idade é avaliada por hipocalemia, expansão do volume do espaço extracelular, hipertensão arterial sistêmica e alcalose metabólica. O diagnóstico mais provável é:
A classificação de Hinchey tem grande importância no estabelecimento do grau de evolução da diverticulite de colo, uma vez que tem correlação direta com a conduta a ser tomada. Assinale a alternativa incorreta.
Em relação à nefropatia induzida por contraste, é CORRETO afirmar que:
Compartilhar