Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Uma paciente de 34 anos relata cefaleia fronto-temporal unilateral, pulsátil, de forte intensidade, associada à náusea, fotofobia e osmofobia há 12 anos. As crises têm duração média de 48 horas e ocorrem de duas a quatro vezes por mês. Ansiedade e consumo de vinho desencadeiam as crises: o uso de analgésicos e anti-inflamatórios aliviam a dor. Nos períodos entre as crises, mantém-se assintomática. A paciente procurou atendimento de urgência por ter tido parestesia no dimídio esquerdo por cerca de 40 minutos, a qual foi seguida por cefaleia mais intensa do que o habitual, porém com as mesmas características acima descritas. O exame neurológico realizado a cerca de 2 horas após o início da cefaleia não revelou anormalidade. Quanto à parestesia relatada nesse caso, qual a etiologia mais provável?

A
Infarto cerebral enxaquecoso.
B
Ataque isquêmico transitório de orgem cardioembólica.
C
Aura enxaquecosa.
D
Crise epilética parcial simples sensitiva.
E
Transtorno somatiforme.
Que condição sistêmica NÃO está associada ao risco aumentado de formação de cálculos renais.
Retossigmoidoscopia rígida no estadiamento do tumor do reto tem como objetivo:
Pré-escolar de quatro anos de idade, sexo masculino, é atendido no ambulatório de pediatria do Instituto de Medicina da Família da UNIVALI para controle de saúde. O interno do nono período do curso de medicina ao obter a anamnese constata que a mãe realizou apenas três consultas de pré-natal, não tendo realizado qualquer exame laboratorial, que a criança já apresentou seis episódios de otite média aguda, quatro supuradas, havendo negativa de qualquer história de envolvimento com drogas dos pais, porém não afastado a possibilidade de promiscuidade sexual. Ao exame físico constata-se membrana timpânica perfurada com secreção purulenta à otoscopia direita, adenomegalia cervical bilateral e axilar, com gânglios de 0,5 cm de diâmetros, fígado à 4 cm do rebordo costal direito e ponta do baço palpável, peso e estatura no percentil 25. A conduta mais adequada para o caso é:
As leucemias são neoplasias do sistema hematopoiético, que diferem de acordo com o tempo de duplicação celular e envolvimento da medula óssea em doenças agudas e crônicas. Sobre as leucemias agudas, assinale a alternativa INCORRETA:
Compartilhar