Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Uma paciente de 34 anos relata cefaleia fronto-temporal unilateral, pulsátil, de forte intensidade, associada à náusea, fotofobia e osmofobia há 12 anos. As crises têm duração média de 48 horas e ocorrem de duas a quatro vezes por mês. Ansiedade e consumo de vinho desencadeiam as crises: o uso de analgésicos e anti-inflamatórios aliviam a dor. Nos períodos entre as crises, mantém-se assintomática. A paciente procurou atendimento de urgência por ter tido parestesia no dimídio esquerdo por cerca de 40 minutos, a qual foi seguida por cefaleia mais intensa do que o habitual, porém com as mesmas características acima descritas. O exame neurológico realizado a cerca de 2 horas após o início da cefaleia não revelou anormalidade. Quanto à parestesia relatada nesse caso, qual a etiologia mais provável?

A
Infarto cerebral enxaquecoso.
B
Ataque isquêmico transitório de orgem cardioembólica.
C
Aura enxaquecosa.
D
Crise epilética parcial simples sensitiva.
E
Transtorno somatiforme.
Considere-se o caso de paciente feminina, de 36 anos, com Índice de Massa Corporal (IMC) =33kg/m², com Relação Cintura/Quadril (RCQ)=1. Segundo a World Heath Organization (WHO), 1998,
O tratamento da dependência do tabaco é particularmente importante do ponto de vista econômico, porque a abstinência ao fumo pode prevenir uma grande variedade de doenças crônicas cujo custo terapêutico é elevado. Analise as afirmativas abaixo, em relação ao tratamento do tabagismo. 1) Abordagens combinando aconselhamento comportamental e farmacoterapia podem alcançar sucesso de 20 a 30% em um ano. 2) O paciente deve iniciar o uso da bupropiona após ter deixado de fumar. 3) Em idosos, os tratamentos para parar de fumar são menos efetivos do que em pessoas jovens. 4) É mais custo-efetivo do que o tratamento da hipertensão e outras intervenções preventivas, tais como a prevenção e o tratamento da dislipidemia. Pode-se afirmar que estão corretas as afirmativas:
As manifestações inflamatórias da artrite reumatóide costumam poupar, caracteristicamente:
De acordo com as orientações do Ministério da Saúde-Brasil para manejo de crianças nascidas vivas de mães infectadas pelo HIV é correto afirmar que:
Compartilhar