Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Uma paciente de 36 anos com história de cefaleia frontotemporal bilateral, opressiva, quase diária, há mais de 10 anos, procura atendimento no PS por cefaleia com características distintas das crises habituais. Relata, atualmente, cefaleia holocraniana intensa, pulsátil, associada à náusea e vômito, de início súbito, há 12 horas, durante estresse emocional. Nega febre, distúrbio de consciência e quaisquer outros sintomas neurológicos. Ao exame neurológico, encontrava-se lúcida e orientada; à fundoscopia as papilas encontravam-se nítidas e com bordos regulares, porém não se visualizou pulsação venosa retiniana espontânea. Considerando-se esses dados, qual a conduta imediata mais apropriada para o caso?

A
Prescrição de benzodiazepínicos e encaminhamento ambulatorial.
B
Prescrição de benzodiazepínicos e antidepressivo tricíclico, e encaminhamento ambulatorial.
C
Punção liquórica.
D
Tomografia computadorizada do crânio.
E
Angiografia digital cerebral.
Lactente de cinco meses com cianose de mucosas, leitos ungueais, que piora com choro e, às vezes com mamadas. Exame físico: entrófica, eupneia, sopro rude em borda esternal esquerda. Radiografia de tórax: ausência de infiltrado pulmonar, hipofluxo pulmonar, área cardíaca de tamanho normal. A hipótese diagnóstica mais provável é:
O aleitamento materno ao seio está ABSOLUTAMENTE, contraindicado em uma das opções abaixo:
Na terapia nutricional utiliza-se a fórmula de Harris-Benedict para:
De acordo com as normas do Ministério da Saúde o tratamento indicado para pré-escolar internado com pneumonia aguda que apresenta febre, palidez, triagem subcostal e vômito é:
Compartilhar