Questões na prática

Pediatria

Ortopedia

Doenças Respiratórias

Uma paciente do sexo feminino, 7 anos de idade, há 8 meses queixa-se de dores nas coxas e fossas poplíteas, cerca de 3 episódios ao mês, surgindo mais frequentemente ao fim da tarde ou à noite; acorda pela manhã sem dor. Ao exame físico: Peso = percentil 75 para a idade. Frequência cardíaca = 82 bpm. Ausculta cardíaca: RCR 2T BNF sem sopros. Ausculta pulmonar: MV presente sem RA. Abdome: sem alterações. Osteoarticular: sem edemas, sem dor à palpação ou mobilização. Exames iniciais: Hemograma normal; VHS (velocidade de sedimentação das hemácias) = 14 mm/h; ASLO (anticorpo antiestreptolisina O) = 520 UI/ml; radiografia de membros inferiores sem alterações. A conduta correta a ser seguida pelo Pediatra Geral:

A
Prescrever corticoide oral diariamente.
B
Prescrever penicilina benzatina a cada 21 dias.
C
Prescrever anti-inflamatório não esteroidal diariamente.
D
Encaminhamento urgente ao Reumatologista Pediátrico.
E
Tranquilizar a família, orientar massagem e calor local durante os episódios dolorosos.
Criança de 4 anos, há 3 dias com coriza e tosse, foi trazida à consulta por apresentar febre de 38,7°C, taquipneia e dor abdominal. Ao exame, observaram-se redução do murmúrio vesicular no terço inferior do pulmão esquerdo e saturação de hemoglobina de 90%. Diante deste quadro, assinale a assertiva correta.
Associe as alterações laboratoriais (coluna da esquerda) às situações clínicas em que ocorrem (coluna da direita). 1- VCM baixo, RDW elevado, reticulócitos corrigidos < 2%. 2- VCM baixo, RDW normal, reticulócitos corrigidos ? 2%. 3- VCM normal ou baixo, RDW normal, reticulócitos corrigidos < 2%. 4- VCM elevado, RDW elevado, reticulócitos corrigidos < 2%. 5- VCM elevado, RDW elevado, reticulócitos corrigidos ? 2%. ( ) paciente com anemia e Coombs direto positivo, icterícia e esplenomegalia. ( ) paciente com pancitopenia e gastrite atrófica. ( ) paciente com anemia hereditária e hemoglobina A2 aumentada. A sequência numérica correta, de cima para baixo, da coluna da direita, é:
Paciente de 19 anos, inicia quadro de dor pélvica há dois dias, associada a corrimento vaginal. Refere intercurso vaginal não protegido com desconhecido há cerca de 14 dias. A exame observa-se colo discretamente hiperemiado, dando saída a secreção purulenta. O toque vaginal mostrava-se extremamente doloroso, mas não havia sinais de irritação peritoneal. Sem queixas urinárias ou intestinais. O diagnóstico mais provável é:
Em relação à fase proliferativa da cicatrização, é INCORRETO afirmar:
Compartilhar