Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Uma senhora de 45 anos de idade, em uso crônico de anti-inflamatórios não esteroides (AINE), apresenta-se para atendimento emergencial com quadro de hematêmese. Após estabilização hemodinâmica, é encaminhada para endoscopia digestiva, que revela úlcera duodenal, sem sangramento atual, com coágulo firmemente aderido na base. Qual das condutas abaixo não diminui a ocorrência de ressangramento?

A
Inibidores de bomba de prótons.
B
Injeção endoscópica de álcool absoluto ou adrenalina.
C
Antagonistas H2.
D
Suspensão dos AINE.
Com relação aos cuidados no pós-operatório, julgue o item que se segue. A anemia detectada no pós-operatório de pacientes submetidos a procedimentos de gastrectomia subtotal deve-se à deficiência de vitamina C e à absorção insatisfatória de gordura pelo tubo digestivo.
Em relação ao diagnóstico e tratamento do abdome agudo está incorreto:
A epidemia da AIDS e a multirresistência às drogas fez com que a expressão epidemiológica da tuberculose no Brasil, neste final de século – com estimativas de prevalência de 50 milhões de infectados e registro de 6.000 óbitos/ano –configure uma prioridade da Saúde Pública no combate a doença. A vacina BCG exerce notável poder protetor contra as manifestações graves da primo-infecção da tuberculose. Porém, configuram-se contra indicações para a vacinação da BCG os seguintes casos, EXCETO:
O agente etiológico mais comumente envolvido nos casos de osteomielite em uma criança de dois anos de idade é:
Compartilhar