Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Útero de Couvelaire é uma complicação que pode ocorrer em 20% dos casos de descolamento prematuro de placenta. Caracteriza-se por:

A
oclusão da circulação e microinfarto uterino.
B
discinesia uterina e trabalho de parto prolongado.
C
sufusões hemorrágicas no miométrio e hipotonia uterina.
D
rotura uterina e infiltração da parede pela tromboplastina parcial.
Paciente de 68 anos de idade, sexo feminino, procura pronto-socorro com relato de dor em fossa ilíaca esquerda com irradiação para as costas. Ao exame apresenta PA de 140X90mmHg, FC 120, temperatura axilar 38,2°C e abdome com dolorimento e defesa muscular voluntária no quadrante inferior esquerdo com plastrão palpável. Qual a melhor abordagem diagnóstica?
Paciente, sexo feminino, 65 anos de idade, com queixa de perda de peso de 10kg em 3 meses e dor epigástrica após alimentação. Tem história de ter sido operada de úlcera há 20 anos. A endoscopia mostra estômago operado a BII e uma lesão ulcerada tipo Bormann II de 2 cm no colo gástrico com Helicobacter pylori positivo. A melhor conduta é:
Casal fértil, com dois filhos vivos, procura ginecologista para uma consulta de planejamento familiar. Segundo o casal, eles têm preferência por métodos de barreira. Das alternativas abaixo, qual é um método Comportamental ou Natural?
Uma menina de 6 meses de idade chega ao pronto-socorro com história de febre há 2 dias, irritabilidade e anorexia, sem outros sintomas. O exame físico revelou: regular estado geral, discreta palidez cutaneomucosa e temperatura axilar de 38ºC, sem outras alterações. O hemograma revelou 19.500 leucócitos/mm³, com 20% de bastonetes e 70% de segmentados e a urina tipo I, colhida por sondagem vesical, revelou 230.000 leucócitos/mm³. Em relação a esse caso, pode-se afirmar que:
Compartilhar