Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Vinicius, 45 anos, é empresário e viajará para Manaus a trabalho por 6 meses. Queixa-se de rouquidão pela manhã e azia há 4 anos. Sua mãe contava que ele apresentava episódios de diarreia na infância, acompanhados de distensão abdominal, cólica e assaduras (dermatite) persistentes. Na época foram retirados de sua alimentação o leite e seus derivados, sendo permitido o uso de iogurte. Evoluiu sem sintomas até a adolescência quando abandonou a dieta. Ao exame físico está eutrófico. Foram prescritos alguns medicamentos sintomáticos e inibidor de bomba de próton (IBP), proposta a investigação diagnostica e a profilaxia de doenças do viajante Vinicius está assintomático após um mês de tratamento diário com IBP. A endoscopia digestiva mostra esôfago de Barret e a histopatologia afasta displasia. A esofagomanometria revela pressão normal do esfíncter esofagiano inferior e ausência de distúrbios motores. A esofagomanometria é exame:

A
importante para determinar o tipo de válvula antirrefluxo mais adequada para o paciente com indicação cirúrgica
B
fundamental na indicação de cirurgia
C
de grande auxílio no diagnóstico de doenças da laringe
D
que tem como achado frequente hipertonia do esfíncter esofagiano inferior nos pacientes com rouquidão
Com relação à pneumonia por hipersensibilidade, assinale a alternativa CORRETA:
Um paciente chega ao PS com queixa de palpitação e tonturas. Seu exame físico evidencia paciente pálido, discretamente torporoso, com PA = 70 X 40 mmHg e congestão pulmonar. No monitor, evidenciou-se taquicardia de QRS alargado com uma morfologia. A conduta de escolha para esse caso é:
Mulher, 38 anos, com retocolite ulcerativa inespecífica há 5 anos, refere piora súbita, caracterizada por febre, diarreia intensa, distensão e timpanismo abdominal. Com a suspeita de megacólon tóxico, o 1º exame a ser solicitado é:
Tereza, 19 anos, primigesta, inicia pré-natal na 25ª semana de gestação. Faz exames: grupo sanguíneo O Rh negativo, Du negativo, Coombs indireto: 1:16. Relata febre, astenia e discreto exantema generalizado em torno da 10ª semana de gestação, que involuíram espontaneamente. Não procurou atendimento médico à época. Newton, filho de Tereza, nasceu com Apgar 6 e 7 no primeiro e no quinto minuto de vida. Peso 1900 g (percentil <3), comprimento 43 cm (percentil <3), perímetro cefálico 32 cm (percentil 10), idade gestacional pós-natal 34 semanas, grupo sanguíneo A, Rh positivo, Coombs direto positivo. É admitido na Unidade Neonatal com boa vitalidade e respiração espontânea. É importante incluir, nas primeiras 24 horas de internação, o controle de:
Compartilhar