Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Infectologia

Vinicius, 45 anos, é empresário e viajará para Manaus a trabalho por 6 meses. Queixa-se de rouquidão pela manhã e azia há 4 anos. Sua mãe contava que ele apresentava episódios de diarreia na infância, acompanhados de distensão abdominal, cólica e assaduras (dermatite) persistentes. Na época foram retirados de sua alimentação o leite e seus derivados, sendo permitido o uso de iogurte. Evoluiu sem sintomas até a adolescência quando abandonou a dieta. Ao exame físico está eutrófico. Foram prescritos alguns medicamentos sintomáticos e inibidor de bomba de próton (IBP), proposta a investigação diagnostica e a profilaxia de doenças do viajante Vinicius está assintomático após um mês de tratamento diário com IBP. A endoscopia digestiva mostra esôfago de Barret e a histopatologia afasta displasia. A esofagomanometria revela pressão normal do esfíncter esofagiano inferior e ausência de distúrbios motores. Com relação à quimioprofilaxia de malária deve-se:

A
vacinar para Plasmodium falciparum e Plasmodium vivax até sete dias antes da viagem
B
contraindicar, independentemente do acesso a serviços de saúde
C
informar ao paciente sobre proteção individual e os riscos de efeitos colaterais e de resistência à medicação
D
indicar, independentemente do tempo de estadia e do acesso a serviços de saúde
Um homem de 70 anos de idade, com antecedente de fibrilação atrial crônica, chega para avaliação com quadro de isquemia aguda grave de membro inferior esquerdo. Foi submetido a embolectomia arterial com sucesso, sendo restabelecidos os pulsos distais. Cerca de uma hora após o término da cirurgia, começou a apresentar edema tenso na perna, dor na panturrilha, parestesia e dificuldade para fazer a dorsiflexão ativa do pé. Melhor conduta:
Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente as lacunas do trecho abaixo: Na síndrome da veia cava superior, o fluxo pode ser bloqueado por compressão extrínseca, trombose, invasão direta ou infiltração tumoral da parede do vaso, ou por uma combinação desses mecanismos. Antes da década de 1950, a maioria das causas eram...... como, por exemplo, ........ . A partir de então, houve um incremento nas causas ............ , e hoje a mais frequente é ......... .
Uveíte anterior, não granulomatosa, aguda, é relacionada mais comumente a:
Em relação ao uso de antibióticos em cirurgia, são apresentadas as situações clínicas abaixo: I. Apendicite aguda flegmonosa. II. Perfuração traumática de cólon com 2h de evolução. III. Colecistite aguda em paciente jovem previamente hígido. Qual das situações NÃO requer antibioticoterapia após a realização de cirurgia adequada?
Compartilhar