Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Trauma

Vítima de ferimento por arma de fogo, com orifício de entrada na parede anterior do hemitórax direito, no quinto espaço intercostal (EID), é admitida em Unidade de Emergência. Após estudo radiológico, que revela hemopneumotórax, recebe toracostomia pelo sexto EID. Continua com drenagem de ar e sangue, indicativas de toracotomia, que mostra ferida de cerca de 2 cm bem no meio do lobo médio. Neste caso, o procedimento cirúrgico mais indicado será realizar:

A
sutura em U nas bordas da ferida.
B
lobectomia média videolaparoscópica.
C
trajetotomia e ligadura de vasos e bronquíolos.
D
lobectomia médio-inferior aberta com bitoracostomia.
Paciente de sexo masculino, 54 anos de idade, foi à consulta urológica de rotina. Não apresentava queixas urinárias e tinha valores normais de antígeno prostático específico, mas ao exame de toque retal foi evidenciada próstata de dimensões aumentadas, assimétrica e nodular. Após esse achado, o exame recomendado para melhor investigação do caso será
São cardiopatias onde a crise hipoxêmica pode estar presente:
Homem, 65 anos de idade, procura atendimento com queixa de dor em panturrilha direita enquanto deambula, com piora progressiva, necessitando interromper a marcha a cada 100 metros aproximadamente. O paciente é hipertenso e tabagista há 40 anos. Nega diabetes. Ao exame físico, ausência de lesões tróficas nos membros; à direita, ausência de pulsos femoral, poplíteo ou distais; à esquerda, presença de pulso femoral, porém ausência de pulsos poplíteo ou distais. Em relação a esse caso clínico, assinale a alternativa correta.
Sobre o câncer de rim afirma-se que:
Compartilhar