Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Pediatria

Doenças Respiratórias

Você avaliou uma criança do sexo masculino de 11 meses, recebendo leite de vaca desde os 2 meses, com o seguinte quadro clínico: infecções recorrentes, geralmente por bactérias capsuladas (otites, pneumonias), eczema, sibilância de repetição, história de sangramento quando foi submetido a postectomia e episódios de diarreia com sangue. O hemograma revela trombocitopenia com plaquetas diminuídas no seu tamanho. O seu diagnóstico para essa criança é:

A
asma e eczema.
B
alergia ao leite de vaca.
C
púrpura trombocitopênica.
D
imunodeficiência.
E
doença de von Willebrand.
Um homem branco de 60 anos de idade relata dor na fossa ilíaca esquerda, fezes amolecidas e febre. Ele não tem história patológica pregressa significativa. O exame físico revela sinais vitais normais, exceto por temperatura de 38,7 ºC e dor à palpação na fossa ilíaca esquerda. Existe defesa na fossa ilíaca esquerda, mas não se pode palpar uma massa definida. A avaliação laboratorial é normal, exceto por uma contagem de leucócitos de 15.000. A rotina para abdome agudo é normal. São partes razoáveis de uma terapia inicial, EXCETO:
Julgue os itens subsequentes, relativos ao planejamento familiar. I- Os dispositivos intrauterinos T 380 A de cobre e o T de levonogestrel (Mirena) são tão eficazes quanto a laqueadura tubária e seu uso não apresenta associação estatística com o desenvolvimento de infecção pélvica a longo prazo. II- A contracepção hormonal na forma injetável ou por implante contendo apenas progestogênios apresenta alta eficácia e evita o risco de trombose venosa e tromboembolismo associado ao estrogênio. III- Os contraceptivos hormonais orais combinados apresentam alta eficácia contraceptiva, mas, a longo prazo, aumentam o risco de câncer endometrial e de mama. IV- Os anticoncepcionais orais contendo apenas progestogênios quando usados durante a lactação, não alteram a quantidade, porém afetam a qualidade do leite. V- O mecanismo primário de ação da contracepção hormonal de emergência é impedir a nidação. Estão certos apenas os itens:
Em primigesta, 19 anos, que apresenta quadro clínico compatível com pré-eclâmpsia na 31ª semana de gestação, qual o nível de pressão arterial diastólica a partir da qual deve-se proceder à terapêutica anti-hipertensiva com drogas hipotensoras de ação rápida?
Sr. Pedro, 82 anos, procurou seu médico de família com escoriações em mmii e hematoma em face após episódio de queda no banheiro de sua casa. Sr. Pedro vive com Dona Lourdes, 80 anos, 1 filha viúva de 56 anos e 2 netas. Veio à consulta acompanhado pela filha, ela relatou que Dona Lourdes também caíra 2 vezes no último mês. Em relação à queda em pacientes idosos, assinale a alternativa INCORRETA:
Compartilhar