Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Hematologia

Você é chamado para avaliar um homem de 78 anos que vem progressivamente, ao longo dos últimos dois anos, com dificuldade de marcha e paraparesia espástica lentamente progressiva. Queixa-se de parestesias nas mãos e pés e refere que, às vezes ao tossir ou espirrar, sente piora da fraqueza nas pernas e um choque no braço esquerdo. Ao exame nota-se paraparesia espástica, diminuição da sensibilidade vibratória nas pernas, sinal de Romberg, hiper-reflexia nos membros inferiores, cutaneoplantar em extensão bilateralmente, atrofia da musculatura intrínseca das mãos mais à esquerda, diminuição do reflexo bicipital bilateralmente. Ele tem bom estado geral, está corado e anictérico, tem humor diminuído e chora ao ser examinado. A melhor hipótese diagnóstica inicial é:

A
depressão.
B
deficiência de vitamina B12.
C
esclerose lateral amiotrófica.
D
mielopatia espondilítica cervical.
Na assistência ao parto, a episiotomia: I - aumenta o risco de prolapso uterino. II - ocasiona menos dor quando é mediana. III - somente está indicada no primeiro parto. Qual a alternativa correta?
São fatores de risco para câncer de endométrio, EXCETO:
Em relação à infecção puerperal, pode-se afirmar que: I - útero amolecido e doloroso à palpação, febre e lóquios fétidos são sugestivos de endometrite. II - trabalho de parto prolongado, tempo de cesariana superior a 60 minutos e amniorrexe prematura são fatores predisponentes para endometrite puerperal. III - é considerada febre puerperal com aumento de risco da morbidade materna, temperatura axilar de 38°C ou mais, verificada em duas ocasiões distintas, 24 horas após o parto. Qual a alternativa correta?
Considere as assertivas abaixo sobre alterações fisiológicas que ocorrem na gravidez. I - Devido à elevação da taxa da filtração glomerular, pode ocorrer aumento da creatinina plasmática. II - O aumento do volume do líquido extracelular, durante a gestação, ocorre mais em decorrência do plasma do que da massa eritrocitária. III - A alcalose respiratória consequente à hiperventilação em repouso acentua-se na segunda metade da gravidez. Qual a alternativa correta?
Compartilhar