Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Cirurgia

Neurologia

Você está atendendo em um pronto-socorro e dá entrada um paciente de 2 anos, em coma com sinais de hipoventilação por intoxicação exógena provocada por diazepam. Responda, qual o antagonista para ser usada nesta situação?

A
Naloxone.
B
Flumazenil.
C
Hidrocortizona.
D
Não se fazem antagonista nesta idade, só medidas gerais de suporte.
No exame de rotina de um lactente de quatro meses com dificuldade de ganho ponderal você observa presença de um sopro cardíaco holossistólico de regurgitação, mais audível entre o terceiro e quarto espaços intercostais esquerdos, irradiando-se em faixa para a direita, e segunda bulha hiperfonética na área pulmonar. No raio X de tórax observa-se aumento da circulação pulmonar com cardiomegalia à custa das cavidades esquerdas. O diagnóstico mais provável é:
Um menino de 5 meses, eutrófico, recebendo aleitamento materno com exclusividade, é trazido à unidade básica de saúde por dores abdominais intensas, progressivas e intercaladas com períodos de acalmia. Ao exame físico, está afebril, hidratado, pálido, com distensão abdominal, ruídos hidroaéreos aumentados difusamente e sem visceromegalias. Suas fezes são acompanhadas de muco e raios de sangue. O diagnóstico mais provável, nesse caso, é:
Nas novas diretrizes da reanimação cardiorrespiratória da criança (2015) podemos afirmar que:
Um homem com 70 anos de idade, hipertenso, foi atendido em uma Unidade de Emergência com quadro de bexigoma e infecção urinária, quando foi feita a passagem de sonda vesical de demora e iniciada antibioticoterapia. Após remissão completa do quadro infeccioso, o paciente foi internado no serviço de urologia de um hospital universitário para realização de ressecção transuretral de próstata. Ao ser submetido à avaliação pré-anestésica, informa, na anamnese, ser portador de marca-passo cardíaco, mas não sabe identificar o modelo e nem possui o cartão de usuário de marca-passo. O paciente informa ainda fazer uso regular de ácido acetilsalicílico (100 mg/dia). Com base nessas informações, qual deve ser a conduta subsequente da equipe médica assistente, anestesista e cirurgião, tendo em vista a realização de uma cirurgia segura?
Compartilhar